Chefe do Xbox diz que exclusivos de geração prejudicam os jogadores

1 min de leitura
Imagem de: Chefe do Xbox diz que exclusivos de geração prejudicam os jogadores
Imagem: Microsoft/Divulgação
Avatar do autor

Phil Spencer, chefe da divisão Xbox da Microsoft, deu importantes declarações em uma entrevista ao site norte-americano Games Industry. Em destaque, o executivo criticou o lançamento de títulos exclusivos para a próxima geração de consoles.

Segundo ele, isso é uma ação proibitiva e que prejudica muitos jogadores ao redor do mundo. Portanto, nesse momento de transição entre gerações, o usuário deveria ter a oportunidade de experimentar os jogos tanto nos aparelhos antigos quanto nos novos.

Phill Spencer é chefe da divisão Xbox da Microsoft desde 2014.Phill Spencer é chefe da divisão Xbox da Microsoft desde 2014.Fonte:  Microsoft/Divulgação 

“Como jogador, você é o centro da nossa estratégia”, comentou Spencer na entrevista. “Nossos consoles e os nossos jogos não são o centro da nossa estratégia. Queremos que você jogue o que desejar em qualquer aparelho”.

Com a declaração, o principal executivo do Xbox defende abertamente o lançamento de jogos “cross-gen”. Ou seja, títulos que são lançados para os consoles atuais e da próxima geração que chega no fim de 2020.

“Jogos são sobre entretenimento, comunidade e diversão, e com eles se aprende novas histórias e visões”, acrescentou Spencer. “Penso que impedir que as pessoas experimentem os games ou forçar alguém a comprar um console vai contra a esse conceito”.

Halo Infinite será um dos games cross-gen dos consoles Xbox.Halo Infinite será um dos games cross-gen dos consoles Xbox.Fonte:  Microsoft/Divulgação 

Exclusivos da nova geração versus “cross-gens”

Anteriormente, a Microsoft declarou que certos títulos exclusivos vão ser lançados para as duas gerações da família Xbox. Um exemplo disso é o aguardado Halo Infinite, ainda sem data de lançamento.

Por outro lado, a concorrente Sony usa a estratégia criticada por Spencer e anunciou recentemente os games que vão ser exclusivos do próximo console da marca, o PS5. Esse é o caso de Spider-Man: Miles Morales e Horizon: Forbidden West.

Contudo, vale ressaltar que a própria Microsoft revelou que jogos que exploram os recursos do hardware do Xbox Series X serão exclusivos do aparelho da nova geração. Por conta disso, games como The Medium e Scorn não serão “cross-gen”.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Chefe do Xbox diz que exclusivos de geração prejudicam os jogadores