Microsoft anunciou uma parceria com a ONG Mães da Sé, que trabalha há 23 anos para encontrar pessoas desaparecidas. Por meio da tecnologia de reconhecimento facial desenvolvida pela empresa Mult-Connect, está prevista a criação de um aplicativo para facilitar a busca por desaparecidos.

O app poderá ser usado por delegacias, hospitais, prontos-socorro, albergues e outras instituições. A tecnologia por trás utiliza serviços cognitivos, inteligência artificial e armazenamento em nuvem para identificar pessoas. O app compara fotos cadastradas com fisionomias armazenadas no banco de dados da ONG, identificando caso as duas imagens representem a mesma pessoa.

Parceria

O projeto foi anunciado hoje (21) pelo presidente da Microsoft, Brad Smith. A ONG Mães da Sé tem parceria desde 1996 com a Mult-Connect, empresa que desenvolverá o aplicativo.

As fotos sempre foram elementos cruciais para efetuar as buscas na história da ONG. Com a inclusão da tecnologia, a expectativa é de que os resultados sejam impulsionados. A parceria é fruto do programa AI for Humanitarian Action da Microsoft, que prevê o investimento de R$ 40 milhões para mesclar IA e ações humanitárias, como o próprio nome já diz.