Depois de o iPhone 8 aparecer em renderizações que reimaginavam o gadget em uma versão branca e baseada nos vazamentos mais recentes de supostas películas para o celular, mais um designer resolveu colocar as mãos na massa para mostrar sua visão do mais novo projeto da Apple. O problema? O design idealizado por Benjamin Geskin não é nem de perto tão bonito quanto os anteriores.

Se no render feito por Martin Hajek o problema era apenas o logo gigantesco da empresa na parte traseira do smartphone, desta vez os incômodos vão desde a posição do leitor de impressões digitais até a aparência do iOS 11 instalado no aparelho. Não é como se as críticas dos internautas fossem infundadas, já que a arte não corresponde a algo esperado da Apple.

Qual o seu veredito para essa "obra de arte"?

Apesar de os rumores indicarem com bastante certeza que o iPhone 8 realmente não terá um botão Home abaixo da tela, dificilmente a Empresa da Maçã vai colocar o sensor biométrico tão aparente no verso do dispositivo. Alguns vazamentos recentes, por exemplo, sugerem que a companhia pode recorrer a um sistema de reconhecimento facial para dispensar o atalho frontal ao mesmo tempo que mantém a segurança do celular.

Inspiração para o design polêmico

Além desse vacilo, o designer também parece ter tropeçado na hora de reproduzir a vindoura edição do iOS dentro de seu render. Em seu projeto, a região liberada pelo botão Home háptico não se torna um espaço extra e livre para a tela, mas sim a casa de um ícone virtual do Touch ID. Bizarro, não é? Ao que parece, Geskin teria se baseado em supostas peças do iPhone 8 que surgiram na web e mostravam uma frente com bordas inferiores e superiores semelhantes às do Galaxy S8 e sugeriam o sensor na traseira. E aí, o que achou dessa versão?

Cupons de desconto TecMundo: