Um novo rumor vindo diretamente da Ásia sugere que a Apple deve lançar três aparelhos no ano que vem, todos eles equipados com telas OLED. Essa possibilidade marca uma diferença em relação aos aparelhos lançados em 2016 e provavelmente em relação à maioria dos gadgets que chegarão às lojas ainda em 2017.

Isso porque alguns dos principais rumores sobre os iPhones deste ano envolvem o lançamento de três modelos, com dois deles viriam equipados com uma tela LCD — apenas o iPhone 8, comemorativo aos 10 anos do aparelho, viria com tela OLED. Ou seja, se o rumor mais recente sobre os iPhones do ano que vem estiverem corretos, os supostos iPhone 7s e iPhone 7s Plus (que devem ser lançados em 2017) seriam os últimos a usar displays de cristal líquido.

Quem trouxe o rumor à tona foi o site Nikkei, que alega ter obtido as informações de duas fontes da indústria. Ainda segundo a publicação, fontes do setor de fabricação de telas OLED afirmam que as fabricantes não dariam conta de suprir todo o mercado mobile caso a Apple realmente adote essa tecnologia de tela em seus smartphones.

Por que OLED?

Uma tendência do mercado de smartphones é que, aos poucos, todos os dispositivos utilizem a tecnologia de LED orgânico (OLED) e as suas variações ainda mais parrudas (como AMOLED e Super AMOLED). Essa tecnologia de tela é mais avançada do que a LCD por oferecer mais precisão na exibição de cores, consumir menos energia (ela não precisa que o painel de retroiluminação permaneça sempre aceso) e permitir a criação de telas mais finas.

A intenção da Apple em utilizar telas OLED em todos os seus aparelhos não é exatamente nova. Em maio deste ano, um site sul-coreano já cravava um acerto com da Apple com a Samsung para fornecimento dos displays OLED para a geração do iPhone a ser lançada em 2018.

Cupons de desconto TecMundo: