Google Fit muda forma de calcular dados e apagará registros

1 min de leitura
Imagem de: Google Fit muda forma de calcular dados e apagará registros
Imagem: Adriano Camacho
Avatar do autor

Nesta sexta-feira (18), o Google anunciou mudanças em seu aplicativo voltado para saúde, o Fit. Segundo a empresa, o software calculará o registro de algumas métricas de uma forma diferente e tornará, dessa maneira, o histórico prévio obsoleto e incompatível com a nova versão.

A mudança, contudo, não deve causar diferenças perceptíveis para os usuários, mas exigirá a criação de um novo histórico de atividades. Por esse motivo, o Google detalhou que os antigos registros serão deletados dentro de 30 dias e poderão ser baixados para armazenamento externo pela plataforma Takeout.

Segundo a companhia, a decisão por trás das mudanças no Fit, mais especificamente no cálculo da "distância cumulativa" e "calorias consumidas", se dá para tornar a conectividade da plataforma com outros aplicativos externos mais fácil, aumentando sua compatibilidade.

Vale ressaltar que estes dados são utilizados para calcular métricas mais detalhadas em algumas atividades e não representam os números finais exibidos para o usuário.

Interface do Google Fit.Interface do Google Fit.Fonte:  Tuga Tech, Google 

Por outro lado, o Google não deixou claro como os aplicativos externos poderão se beneficiar com a mudança ou se houve alguma melhora na precisão do registro de atividades e outras métricas importantes.

A empresa comentou a medida sem prover muitos detalhes: "esta mudança não afetará nenhum dos dados ou atividades que você vê no Google Fit," reitera, acrescentando que todos os apps "conectados continuarão funcionando normalmente".

Google Fit muda forma de calcular dados e apagará registros