Google Fit medirá batimentos e respiração pela câmera do celular

1 min de leitura
Imagem de: Google Fit medirá batimentos e respiração pela câmera do celular
Imagem: Google/Reprodução
Avatar do autor

A partir de março, o app Google Fit será capaz de medir os batimentos cardíacos e a frequência respiratória do usuário fazendo as leituras destes dados por meio da câmera do celular Android, sem a necessidade de acessórios adicionais. A novidade foi anunciada pela gigante de Mountain View nesta quinta-feira (4).

Para medir a respiração, o usuário precisa apoiar o smartphone em uma superfície estável e se posicionar de frente para ele, de modo que a câmera frontal consiga capturar sua imagem da cintura para cima sem obstruções. A seguir, é necessário enquadrar a cabeça conforme a indicação do aplicativo e respirar durante 30 segundos olhando para o dispositivo, enquanto o telefone faz o registro.

Medindo a frequência respiratória.Medindo a frequência respiratória.Fonte:  Google/Divulgação 

Segundo a Google, a inteligência artificial integrada ao Fit é capaz de detectar e analisar os movimentos do tronco superior do usuário com precisão, inclusive as pequenas variações, para medicar a frequência da respiração e em seguida apresentar o resultado, desde que você siga corretamente as instruções mostradas na tela.

Medição dos batimentos cardíacos.Medição dos batimentos cardíacos.Fonte:  9to5Google/Reprodução 

Já com relação à medição da frequência cardíaca, basta colocar o dedo na lente da câmera traseira, aplicando uma leve pressão a ela e mantendo assim por 30 segundos. Não é preciso acionar o flash, conforme a empresa, mas a sua ativação pode ser útil para melhorar a precisão do recurso em caso de ambientes escuros.

Primeiro no Pixel

Os dois novos recursos chegarão junto com a atualização do Google Fit que será lançada em março, ficando disponível primeiro nos modelos da linha Pixel. A companhia disse que há “planos de expansão para mais dispositivos Android”, mas não revelou quando isso acontecerá.

Ainda de acordo com a gigante das buscas, as medições não são destinadas a diagnósticos médicos, servindo para monitorar e melhorar o bem-estar do usuário diariamente. Os dados podem ser salvos no app junto com outras informações de saúde, possibilitando acompanhar tendências ao longo do tempo.

Google Fit medirá batimentos e respiração pela câmera do celular