Que as vendas dos novos iPhones não andam lá muito boas, a própria Apple admitiu recentemente. Em novembro, parceiros da cadeia de fornecedores, como Foxconn e Pegatron, haviam adiantado baixa nos suprimentos, indicando que o iPhone Xr não teria o aumento de produção projetado inicialmente. Agora, a Maçã estaria realizando um outro corte, que afeta diretamente os distribuidores de componentes na China.

Fornecedores chineses lamentam queda nos pedidos e já diminuíram a previsão de receita

De acordo com o Nikkei Asian Review, companhias como montadora de lentes para câmera Largan Precision e a fornecedora de armações de metal Catcher Technology, entre outras (Cirrus Logic, AMS, Qorvo e Lumentum), já lamentam as perdas entre dezembro e janeiro e a estimativa é de que a Apple realize uma redução de 10% no total de pedidos.

Segundo os insiders, todos os três iPhones de 2018 serão afetados por essa mudança. "O nível de revisão (de produção) é diferente para cada fornecedor", disse uma fonte ao jornal, "e depende do mix de produtos que eles fornecem". Aliás, a expectativa desses parceiros comerciais é de que essa baixa continue até o final da temporada.

iphone xrFonte: Apple

Os executivos da Gigante de Cupertino se mantêm otimistas com relação ao desempenho da empresa — embora tenha registrado queda de US$ 9 bilhões de receita em relação a 2017, os últimos três meses de 2018 acumularam nada menos do US$ 84 bilhões. Ainda assim, o momento é de reavaliação e mudanças para a companhia, que vê a cada ano o crescimento dos concorrentes chineses.

Cupons de desconto TecMundo: