A Apple não trouxe qualquer revolução em design ou funcionalidade com o lançamento dosiPhones XsXs Max e Xr para seus consumidores em 2018 e, talvez por isso, os aparelhos deste ano estão vendendo muito menos que os modelos do ano passado.

Não há uma confirmação quanto ao motivo, mas dados da Mixpanel Analytics — uma fonte confiável quando o assunto é rastrear informações sobre aparelhos iOS — indicam que os modelos de 2018 estão realmente vendendo menos que os de 2017.

Considerando as primeiras 12 semanas após o lançamento dos iPhones 2018 e dos modelos de 2017, é possível perceber nos gráficos que as taxas de adoção (ou ativação) dos dispositivos mais recentes é bem inferior.

Mixpanel Analytics Mixpanel Analytics

No dia 11 de dezembro de 2017, o iPhone X, que estava no mercado há pouco mais de um mês, já representava 5,27% de todos os iPhones em atividade no mundo, segundo dados da Mixpanel Analytics. Isso significa que o dispositivo vendeu bem a ponto de se tornar o modelo 2017 mais adotado pelos consumidores naquele momento.

Em 2018, a história está bem diferente. Em 10 de dezembro, nenhum dos novos iPhones sequer passou a marca dos 3% de adoção nas mesmas 12 semanas após seus respectivos lançamentos. O iPhone Xr — o modelo teoricamente mais desejado do ano — inclusive teve uma semana a mais que o iPhone X — o mais desejado do ano passado — para conseguir uma boa taxa de adoção, mas os números não vieram.

Mixpanel Analytics Mixpanel Analytics

Não se sabe quando ou se os números de adoção da Apple vão melhorar após o Natal, data que mais aquece o comércio global, mas o começo das vendas dos modelos 2018 realmente têm sido menos interessante do que foi em anos passados.

Cupons de desconto TecMundo: