Roteirista de filme sobre o Facebook quer uma continuação

1 min de leitura
Imagem de: Roteirista de filme sobre o Facebook quer uma continuação
Avatar do autor

Em uma entrevista para a AP Entertainment, Aaron Sorkin, roteirista de A Rede Social, defendeu que já está mais do que na hora do filme receber uma continuação. Lançado em 2010, A Rede Social traz os bastidores da criação do Facebook e acompanha a batalha judicial entre Mark Zuckerberg, Eduardo Saverin e os irmãos Winklevoss após o lançamento da rede social.

O filme, baseado no livro “Bilionários por Acaso”, de Ben Mezrich, foi indicado a oito Oscars, incluindo as categorias de Melhor Filme e Melhor Diretor - acabou levando três, de Melhor Edição, Trilha Sonora e Roteiro Adaptado.

“Primeiro de tudo, eu sei muito mais sobre o Facebook em 2005 do que sei em 2018, mas sei o suficiente para saber que deve haver uma sequência”, afirmou o roteirista para a AP Entertainment.

Sorkin contou ainda que foi procurado pelo produtor Scott Rudin, que deu a entender que está interessado em viabilizar a continuação. “Recebi mais de um e-mail dele com um artigo em anexo, questionando 'já não é tempo para uma sequência?’”, relatou. "Muita coisa interessante e dramática aconteceu desde o final do filme, com a resolução do processo entre os gêmeos Winklevoss e Eduardo Saverin", completou o roteirista.

O Facebook tem sido alvo constante de críticas de especialistas e governos, principalmente sobre o uso inadequado dos dados pessoais dos usuários. Além disso, a rede se envolveu em várias controvérsias, como o escândalo envolvendo a empresa Cambridge Analytica e o incentivo à violência política em países como o Myanmar.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Roteirista de filme sobre o Facebook quer uma continuação