A islandesa Björk sempre gostou de novidades e sua carreira é marcada por várias inovações, inclusive tecnológicas — como os vídeos em realidade virtual gravados para a turnê de “Vulnicura”, noa no passado, ou shows com padrões visuais manipulados a partir de mesas sensíveis ao toque. Agora, a artista quer ser mais uma vez iconoclasta e romper os padrões convencionais de consumo de música: seu próximo trabalho, “Utopia”, poderá ser pago com criptomoeda e terá outras novidades envolvendo blockchain.

O grupo da compositora confirmou uma parceria com a startup britânica Blockpool, especializada em negociações com moeda digital. Além de poder comprar dessa forma, os fãs ganharão 100 audiocoins (que valem cerca de US$ 0,19 ou R$ 0,63) e terão a chance de acumular ainda mais, interagindo com o site e a comparecendo às apresentações.

Ainda não dá para saber ao certo como isso tudo vai funcionar, se haverá um site especial para comprar outros mimos e faixas e coisas do tipo. Mas a iniciativa pode ser considerada como parte da popularização das criptomoedas no mercado mainstream.

Cupons de desconto TecMundo: