Quem conhece minimamente a cantora islandesa Björk sabe que seu vanguardismo na música e nas artes visuais não tem limites. E o vídeo da música “Stonemilker”, de seu mais recente álbum “Vulnicura”, faz jus às suas obras modernas e exóticas.

Exibido inicialmente no MoMA, o museu de arte moderna de Nova York, juntamente com outros de seus trabalhos musicais e visuais, o videoclipe de “Stonemilker” proporcionava ao espectador uma experiência única de realidade virtual por meio do uso do Oculus Rift, os óculos de VR que devem ser lançados para o público geral no começo de 2016.

Fazendo uso desse dispositivo, era possível “estar dentro” do clipe de Björk, com uma visão em 360° do cenário tristonho de uma praia nublada em um fim de tarde. Mas o mais interessante vem agora: o vídeo foi disponibilizado no YouTube com a possibilidade de controlar o ponto de vista da câmera, só que desta vez sem a necessidade de um óculos de realidade virtual.

Olhando para todos os lados

Você controla a câmera do vídeo através de botões no canto superior esquerdo da tela, do mesmo modo que altera a cena em uma imagem do Google Street View. É possível direcionar o ponto de vista em 360°, para cima e para baixo. Então, é você que escolhe se quer seguir os passos da cantora, que em dados momentos da exibição se multiplica em vários “clones”, ou se prefere observar a paisagem melancólica que tanto combina com a música.

A experiência é muito interessante e vale ser conferida. Quem sabe isso não indica o futuro da interatividade em vídeos na internet?

Cupons de desconto TecMundo: