Um grande nome da computação nos anos 80 e 90, a Commodore não sobreviveu a passagem do tempo e acabou reduzida à venda de máquinas pouco relevantes. Agora com novos donos, a companhia está fazendo sua volta na forma do PET, um smartphone repleto de nostalgia equipado com o sistema operacional Android.

O principal diferencial do aparelho com tela de 5 polegadas é o fato de ele vir com dois emuladores que permitem aproveitar vários clássicos da Commodore e do Amiga. O hardware é modesto: processador octa-core Mediatek de 1,7 GHz, câmera traseira de 13 megapixels e uma bateria de 3.000 mAh.

Com lançamento programado para a Itália, França, Polônia e Alemanha no final deste mês, a versão de 16 GB do produto vai ser vendida por aproximadamente US$ 300 — o que dá direito a um cartão micro SD de 32 GB. Uma versão com 32 GB de capacidade de armazenamento também vai ser disponibilizada por US$ 60 adicionais em relação ao modelo básico. A fabricante afirma estar estudando o lançamento em mais países, mas ainda não sabe prever quando isso pode acontecer.

Cupons de desconto TecMundo: