O Apple 1, computador criado por Steve Jobs e Steve Wozniak em 1976, foi vendido em um leilão, no final do ano passado, por nada menos que US$ 905 mil (cerca de R$ 2,5 milhões, em conversão direta na cotação atual). Por conta disso, esse artefato raríssimo é considerado a peça de informática mais cara já vendida na História. E, neste final de semana, o segundo modelo de computador mais raro do mundo também mudou de mãos por uma quantia bastante respeitosa.

Por mais de R$ 64 mil em um leilão no eBay, um Comoodore 65 (também chamado de Commodore 64DX, DX64 ou C90), foi arrematado no domingo (15) após 7 dias sendo anunciado e 63 lances depois. A sua raridade justifica um pouco o seu preço: estima-se que entre 50 e 200 unidades desse computador ainda existam atualmente.

“O Commodore 65 é um protótipo de computador criado nos anos 1990/1991 na Commodore Business Machines. O C65 é uma versão melhorada do grande sucesso, o Comoddore 64, mas apresenta características melhores e muitos mais próximas ao do Amiga [outra família de computadores]. Muitos poucos protótipo desse foram produzidos, com estimativas variando entre 50 e 200 unidades. O C65 é muito procurado e um valorizado item para colecionadores, especialmente se estiver totalmente funcional – poucas máquinas estão assim atualmente”, lê-se na descrição do leilão.

Cupons de desconto TecMundo: