Samsung já revelou que quer uma expansão de sua inteligência artificial (ou artificial intelligence — AI) e agora tem mostrado mais sobre o tamanho desse interesse: fato é que o setor virou prioridade na sul-coreana que pretende ter o poder de assistentes virtuais e máquina de aprendizado como grandes atrativos do flagship Galaxy S9. De acordo com o Sam Mobile, a companhia está criando um novo centro de pesquisas para AI avançada.

O prédio deve se juntar às divisões mobile e consumo de eletrônicos, duas das principais da empresa, e será comandada por HS Kim, que atualmente chefia esse segundo grupo. Young Sohn, líder do escritório de estratégia, vai auxiliar na busca por negócios. Ainda que o investimento da Samsung pareça estar atrasado em relação às outras gigante de tecnologia que já estão explorando níveis complexos de AI — a exemplo da Google e da Microsoft —, a injeção de bilhões de dólares pode deixá-la em um nível competitivo em relativo curto período.

Isso porque ela comprou a fabricante de produtos para automóveis Harman International por US$ 8 bilhões no ano passado e vem pesquisando várias montadoras de processadores para AI. Alguns analistas até mesmo apostam em um chip dedicado especialmente para a AI no Galaxy S9. Por enquanto, nada de confirmações ou comentários.

Cupons de desconto TecMundo: