A Samsung ainda deu poucas dicas sobre como serão os seus principais lançamentos de 2018, mas algumas novidades começam a surgir. Uma delas, inclusive, veio hoje (21), direto de um evento realizado pela companhia na China para lançar a Bixby no país asiático. Junto da assistente, a empresa anunciou a chegada da Galaxy AI UX, reforçando a ideia da “experiência de usuário inovadora” apontada recentemente por um executivo da sul-coreana.

Apesar de não haver ainda qualquer detalhe sobre o que seria, de fato, a Galaxy AI UX, fica evidente que a Samsung está trabalhando em torno de recursos de aprendizagem de máquina e de inteligência artificial para os seus próximos flagships. A fabricante já havia ressaltado que as grandes inovações de seus próximos aparelhos estarão mais no âmbito de software do que de hardware, assim, é natural que o desenvolvimento comece ganhar esse caminho.

E associar essa nova experiência à Bixby também faz sentido, pois a tendência é que as assistentes virtuais se tornem cada vez mais a parte central da usabilidade de um dispositivo. Diante desse cenário, é fácil imaginar como elas desempenharão papeis cruciais em uma experiência de usuário inteligente e intuitiva, que se adapta e aprende com o seu utilizador.

Nos últimos meses, temos visto um avanço da Samsung no caminho da IA, especialmente graças a aquisição da companhia britânica Graphcore e de um possível investimento na chinesa DeePhi Tech, ambas responsáveis pelo desenvolvimento de tecnologias ligadas à inteligência artificial.

Enfim, apesar de não ficar claros e a Samsung investirá em recursos semelhantes ao Face ID em seus próximos gadgets, começa a ganhar corpo a intenção da empresa de investir pesado na inteligência artificial para torná-la o grande diferencial dos Galaxy S9, S9+ e Note 9 em relação aos seus principais concorrentes.

Cupons de desconto TecMundo: