(Fonte da imagem: Cim Stordal)

Cim Stordal é um jovem de 15 anos como qualquer outro. Vai à escola, trabalha em uma loja de peixes e nas horas de folga gosta de jogar videogame. Entretanto, esse jovem norueguês tem um hobby bastante peculiar: procurar bugs em sites de grandes empresas.

Autodidata, começou a se interessar pelo assunto aos 14 anos e, apenas um ano depois, os resultados são surpreendentes. Stordal encontrou falhas nos sites da Apple, da Microsoft, do Facebook e da Google. As empresas não divulgam qual foi a brecha encontrada, mas todas reconhecem o talento de Cim.

Na Google, seu nome foi incluído no Google Security Hall of Fame, página que reúne nomes que, de alguma forma, contribuíram para a segurança virtual. A Apple também creditou os préstimos do jovem, assim como a Microsoft. Já o Facebook, repassou ao jovem um cartão de crédito com US$ 500.

Em entrevistas, Stordal contou como é o seu método de trabalho. “É só eu olhar o site e descobrir onde posso inserir o HTML que não é filtrado pelo código-fonte. Muitas vezes, eles selecionam alguns elementos, mas se esquecem de algumas coisas embutidas na programação de seus sites e aplicativos”, detalha.

Segundo ele, o site que menos demandou tempo foi o da Apple. “Levei apenas cinco minutos para encontrar bugs na página da empresa”, explica. Já no Facebook, foram necessários quatro dias de pesquisa, enquanto no Google apenas três. Sua meta agora é encontrar falhas em dispositivos móveis e, por conta própria, iniciou a criação de uma ferramenta de testes automatizados de software para ser utilizada no seu iPhone 3G.

Cupons de desconto TecMundo: