Com EA Sports UFC 2, a Electronic Arts pretende oferecer a experiência mais completa no que diz respeito a jogos relacionados ao esporte. Para isso, não somente a empresa investiu em novas mecânicas como também apostou na reprodução de mais de 250 atletas — no entanto, muitos deles parecem descontentes com sua representação no game.

Após a companhia começar a divulgar os modelos tridimensionais dos lutadores, muitos deles recorreram ao Twitter para fazer comentários ou brincadeiras sobre o assunto. Entre eles  está Ruslan Magomedov, que escreveu que “costumava pensar que era bonito”, seguido por um emoticon que deixa claro o tom leve da declaração.

Também entrando na brincadeira, Tim Kennedy enviou perguntou “o que havia feito” ao perfil oficial do jogo, chegando a questionar se havia “dado uma surra” nele durante o ensino médio. Já a lutadora “Rowdy” Bec Rawlings comemorou o fato de estar no game, mas disse que sua versão virtual está parecida demais com Alexander Gustafsson.

Essa questão não é exatamente novidade para quem acompanha jogos de esporte como NBA 2K, FIFA e Pro Evolution Soccer, nos quais muitos atletas surgem de maneira “estranha” — com exceção de algumas estrelas específicas. Felizmente, a situação parece estar sendo encarada com bom humor pelos lutadores de UFC, que parecem entender as limitações com as quais a equipe da EA Sports trabalha.

E você, se incomoda com modelos tridimensionais nem sempre fieis? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: