Ministro da Justiça diz que games são incentivo para crimes

1 min de leitura
Imagem de: Ministro da Justiça diz que games são incentivo para crimes
Avatar do autor

Quem acompanha o mundo da tecnologia e dos jogos eletrônicos há algum tempo já deve ter se deparado com polêmica sobre a influência dos games em relação à violência. Agora, quem decidiu contribuir para o time dos que são contrários aos jogos digitais é o Ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, que deu uma entrevista polêmica para a BBC.

A entrevista aconteceu em um encontro da Organização dos Estados Americanos, em que o Ministro brasileiro falou sobre medidas que o Governo está adotando para barrar os homicídios — e que devem ser oficializadas nas próximas semanas. Não há detalhes do que levou a conversa até os jogos eletrônicos, mas as falas dele foram bem duras.

Já no começo da matéria, a BBC cita uma fala de Cardozo: "A violência é hoje cultivada e aplaudida, seja em esportes ou jogos de crianças pequenas". Ele ainda disse que os games explorar uma cultura de violência, pois os jogos nunca exigem que os jogadores salvem vidas — "o vencedor é sempre quem mata".

Reprodução/BBC

Cardozo criticou até mesmo os jogos de esportes. O entrevistador questinou se ele se referia a games com foco no UFC, mas o Ministro foi além: "Às vezes tenho visto violência até em esportes que não tendem minimamente a ser violentos, como jogos de futebol".

A entrevista não cita relação entre a violência dos games e as medidas que serão apresentadas em breve. Será que o Governo vai tentar barrar jogos eletrônicos violentos?

Jogos violentos influenciam as pessoas? Comente no Fórum do TecMundo

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Ministro da Justiça diz que games são incentivo para crimes