O ministro da finanças francês, Bruno Le Maire, vai acionar a Google e a Apple na Justiça por conta de termos contratuais impostos pelas gigantes aos pequenos grupos de startups e desenvolvedores. De acordo com o parlamentar, as propostas têm sido abusivas. As informações são da Reuters.

A Google foi acionada recentemente pela França, que cobrou taxas retroativas no valor de US$ 1,3 bilhão

Ao conversar com o pessoal da rádio RTL nesta quarta-feira (14), ele disse estar a par de imposição unilateral de preços cometidas pela Alphabet — o conglomerado da Google — e da Maçã aos programadores de software. “Vou levar Google e Apple ao tribunal comercial de Paris devido a práticas comerciais abusivas. Por mais poderosas que elas sejam, não devem tratar nossas startups e nossos desenvolvedores da maneira que tratam atualmente.”

Isso vem em um momento delicado para as gigantes da tecnologia na França, que cobrou recentemente da Gigante das Buscas US$ 1,3 bilhão em taxas retroativas (em ação vencida pelos norte-americanos) e atualmente pressiona a União Européia para, até o início de 2019, apertar as lacunas fiscais que beneficiam ambas as companhias e também o Facebook e a Amazon. A tributação de negócios estrangeiros online voltou a ser avaliado e o Tribunal de Justiça em Bruxelas vem criando medidas para chegar a um acordo.

Enquanto isso, o CEO da Apple, Tim Cook, vem se aproximando do presidente da França, Emmanuel Macron, para tentar uma resolução amigável. A Maçã e a Google por enquanto não estão comentando o assunto.

Cupons de desconto TecMundo: