(Fonte da imagem: Reprodução/Minyanville)

Os rumores sobre o iPhone 6 não param, mas agora temos uma notícia que não trata exatamente das mudanças físicas do aparelho. Pelo visto, o novo smartphone da Apple será muito superior ao atual, o que resultará em um aumento significativo no preço do produto.

A novidade foi relatada pelo site Business Insider, o qual obteve detalhes sobre a alteração do preço nos gadgets vendidos em parceria com as operadoras (os modelos que têm um contrato de fidelidade).

A fonte da informação seria o analista Peter Misek, da Jefferies, o qual comentou que a Apple está começando a negociar esse aumento no valor do aparelho. A resposta inicial das operadoras têm sido negativa, mas algumas estão concordando que não há outros produtos inovadores neste ano (sugerindo que as pessoas estarão dispostas a pagar um valor mais alto).

De acordo com o Business Insider, essa negociação é necessária por conta dos longos contratos que existem entre a Apple e as operadoras, de modo que essa decisão não cabe apenas à fabricante do iPhone. O site internacional considera essa tática um pouco esquisita, ainda mais que as rivais estão baixando seus preços.

(Fonte da imagem: Reprodução/ValueWalk)

A aposta é de que a Maçã está focando nos lucros, julgando antecipadamente que as pessoas vão querer muito pagar mais por um iPhone com tela enorme. Evidentemente, a Apple não disse absolutamente nada sobre isso, sendo que informações oficiais só devem ser dadas no lançamento do produto. Até lá, não podemos acreditar em muita coisa.

De qualquer forma, não há motivo para duvidar de um possível aumento no preço do iPhone. Se isso acontecer aqui no Brasil, é provável que a Apple bata todos os recordes de preços absurdos. O que você acha? Será mesmo que o iPhone 6 vai custar ainda mais caro?

Cupons de desconto TecMundo: