Como saber se a internet é 3G, 4G ou 5G?

3 min de leitura
Imagem de: Como saber se a internet é 3G, 4G ou 5G?
Imagem: Pexels
Avatar do autor

Com a recente popularização da rede de dados 5G nos países desenvolvidos, cada vez mais usuários se perguntam a real diferença entre as gerações da internet móvel e a real utilidade de suas novas implementações. Nesse contexto, é importante conhecer os principais recursos já oferecidos em cada versão e seus respectivos impactos no uso cotidiano moderno.

Para auxiliar no melhor entendimento do usuário, o TecMundo preparou um breve guia sobre as gerações das redes de internet móvel, suas principais características e como identificar qual é utilizada por seu celular. Confira.

Primeiras gerações: redes 1G e 2G

A primeira versão de rede móvel, conhecida apenas como 1G, foi lançada em 1987 pela empresa australiana Telstra e tinha velocidade máxima de 2,4 Kbps. Seu uso era voltado exclusivamente para chamadas de voz, com pouca qualidade e segurança, por meio de sinais analógicos.

Modelos de celulares comuns entre os anos 1970 e 1990. (Fonte: Rare Historical Photos / Reprodução)Modelos de celulares comuns entre os anos 1970 e 1990. (Fonte: Rare Historical Photo/Reprodução)Fonte:  Rare Historical Photos 

A rede 2G chegou em 1991 e permitiu novos recursos, como envio de SMS, chamadas em grupo e formato de cobrança em tempo real graças a seu modelo de transmissão digital de sinais.

Posteriormente, uma versão mais aprimorada da rede 2G chegou e ficou conhecida como EDGE (Enhanced Data rates for GSM Evolution, ou Taxas de Dados Aprimoradas para Evolução GSM), sendo capaz de alcançar velocidades de até 1 Mbps — quase 500 vezes mais rápida que a rede 1G.

Multimídia: a chegada da rede 3G

A rede 3G foi um enorme avanço no estabelecimento de diversos produtos atualmente utilizados, desde seu lançamento em 2001. Sua implementação permitiu o uso de tecnologias, como navegação em websites, envio de e-mails, download de músicas e vídeos, entre outras novidades.

O 3G trouxe mudanças no uso dos celulares. (Fonte: Mobile Phones / Reprodução)3G trouxe mudanças no uso dos celulares. (Fonte: Mobile Phones/Reprodução)Fonte:  Mobile Phones 

De acordo com as especificações técnicas IMT-2000, publicadas pela União Internacional de Telecomunicação, uma rede móvel de dados precisaria ter pelo menos 200 Kbps de velocidade média para ser considerada da terceira geração.

Contudo, essa taxa foi facilmente superada conforme a evolução da tecnologia para as versões 3.5G e 3.75G, possibilitando velocidade teórica máxima de até 21,4 Mbps. Os principais padrões utilizados nessa geração foram W-CDMA, HSPA e HSPA+.

Alta velocidade: rede 4G

Lançada em 2009, a rede 4G trouxe a atualização de tecnologia que permitiu alta qualidade, velocidade e capacidade em larga escala para todos os usuários. Sua velocidade nos primeiros meses era apenas um pouco maior que a da rede 3G, mas foi crescendo exponencialmente durante seu desenvolvimento, alcançando em suas últimas versões taxas de transmissão máximas de até 1 Gbps.

O HTC Evo 4G foi o primeiro smartphone com suporte ao 4G no mercado. (Fonte: The Verge / Reprodução)HTC Evo 4G foi o primeiro smartphone com suporte ao 4G no mercado. (Fonte: The Verge/Reprodução)Fonte:  The Verge 

A rede 4G é popularmente conhecida como LTE (Long Term Evolution, ou Evolução de Longo Termo), tecnologia em que se baseia. Assim como as gerações anteriores, ela recebeu novas versões com o passar dos anos, sendo chamada de 4.5G, 4.5G+, 4.9G ou LTE Pro (variando conforme a operadora). Seus últimos estágios receberam implementações que servem como base para a transição para o 5G.

Promessa para o futuro: rede 5G

A rede 5G ainda está em desenvolvimento e processo de popularização, porém já demonstra o grande salto tecnológico que está por vir. A nova tecnologia tem o objetivo de integrar diversos tipos de dispositivos em uma só rede de dados de altíssima capacidade. Sua aplicação pode estar presente em mobilidade urbana, transferência de dados hospitalares, jogos em cloud, realidade aumentada e muito mais.

Alguns dos benefícios oferecidos pelo 5G. (Fonte: Thales Group / Reprodução)Alguns dos benefícios oferecidos pelo 5G. (Fonte: Thales Group/Reprodução)Fonte:  Thales Group 

Além das novas aplicações, a velocidade máxima estipulada da rede 5G chega a 35 Gpbs, cerca de 35 vezes mais rápida que a encontrada no 4G padrão. Entretanto, as limitações técnicas para sua implementação ainda são um grande desafio de infraestrutura, inclusive para o Brasil. Atualmente, apenas um pequeno grupo de países conta com a cobertura da rede parcial da rede — com poucas localidades capazes de alcançar a velocidade máxima atual.

Como identificar a internet móvel utilizada?

Na maioria dos celulares, a verificação de qual rede móvel está sendo utilizada pode ser feita pela sigla presente na barra de notificações, localizada normalmente no topo da tela, ao lado do nível de sinal. De maneira geral, as letras representam a geração da internet móvel em uso, seguindo o padrão de sua tecnologia.

Siglas

  • Rede 2G: G (GPRS), E (EDGE)
  • Rede 3G: 3G (W-CDMA), H (HSPA, o "3.5G"), H+ (HSPA+, o "3.75G")
  • Rede 4G: 4G (LTE), 4G+ (LTE-A) e 4.5G (LTE-A Pro)
  • Rede 5G: 5G, 5G+, 5G E e 5G UWB (variando conforme a operadora)

Vale ressaltar que a exibição do sinal utilizado pode variar entre a sigla e o nome próprio, conforme o modelo de celular utilizado e a versão do sistema operacional.

Como saber se a internet é 3G, 4G ou 5G?