Por mais que tenha sido um de seus fundadores, Steve Wozniak nunca deixou de criticar as decisões e produtos da Apple quando achou que elas seguiam o caminho errado. Um bom exemplo disso foi nada menos do que o próprio iPhone X o qual ele não mostrou muito interesse ainda na época do lançamento, preferindo ficar apenas com seu iPhone 8.

Avancemos alguns meses para o fim de 2017. Woz, que recebeu um iPhone X de presente por ninguém menos do que Tim Cook, passou a mostrar uma postura um pouco mais positiva para o aparelho, mesmo que o smartphone ainda não fosse bem o que ele queria. Poucas semanas depois, porém, e parece que o famoso figurão do Vale do Silício já está mudando de ideia novamente; tudo por culpa de um único problema no aparelho: seu botão de energia.

Qual o problema dele? Bem, o fato é que, para Woz, o botão representa uma perda de intuitividade enorme em relação aos iPhones anteriores – algo que vai de encontro aos princípios da Maçã para seus aparelhos e deixa o figurão particularmente frustrado.

Se você está dormindo ou se você está acordado; ou se ele está desligado ou ligado; ou se você aperta ele e segura ele, ele faz coisas diferentes

“O botão de energia na lateral faz coisas diferentes se você clica nele rápido, ou se você clica nele duas vezes, e uma coisa diferente se você clicar nele uma terceira vez”, explicou ele em um painel na Nordic Business Forum, segundo o site Business Insider. “Se você está dormindo ou se você está acordado; ou se ele está desligado ou ligado; ou se você aperta ele e segura ele, ele faz coisas diferentes; e se você dá um clique duplo, ele faz outra coisa; se você clicar cinco vezes, ele faz outra coisa”, continuou Wozniak em seu deboche.

É claro que, por um lado, a afirmação levanta um bom ponto: trazer tantas variáveis para o pressionar de um conjunto de botões tende a ser extremamente confuso. Por outro, algo assim acaba por se mostrar necessário, considerando que o iPhone X praticamente abandona uma interface comum para ter sua tela de ponta a ponta da frente do celular.

Logo, deixamos a pergunta para nossos leitores: você acredita que a troca da menor intuitividade por uma interface e tela inovadores valeu a pena? Deixem suas opiniões em nossos comentários.

Cupons de desconto TecMundo: