O que é Plot Twist? Entenda o recurso narrativo de filmes e séries

2 min de leitura
Imagem de: O que é Plot Twist? Entenda o recurso narrativo de filmes e séries
Imagem: IMDb/Reprodução
Avatar do autor

Atenção! Este texto contém spoilers de O Sexto Sentido e O Show de Truman.

Você provavelmente já deve ter assistido a um filme ou a uma série com uma reviravolta inesperada, que mudou completamente o rumo da história. Normalmente apresentada no final, essa mudança pode deixar o público perdido por um curto momento, mas antes do filme acabar, todas as peças se encaixam.

Esse recurso chama-se plot twist é muito antigo na construção de uma história. Tão antigo que antecede o próprio cinema, mas sendo popularizado na sétima arte. E de tão popular, acabou sendo usado à exaustão, o que pode fazer desse recurso um problema, e não uma solução. Mas o que exatamente ele é, como funciona e quando pode ser bem aplicado?

Para entender melhor, é importante ir à origem do termo. Em inglês plot significa enredo, trama ou ação. É uma história contada que apresenta começo, meio e fim. Dentro de um filme (vale também para livros, séries, HQs e peças de teatro), é comum que o roteiro seja desenvolvido em um plot principal mais alguns secundários que o ajudam a construir a história completa.

Em 'Westworld', Dolores e o Homem de Preto são os responsáveis por revelar o principal plot twist da sérieEm Westworld, Dolores e o Homem de Preto são os responsáveis por revelar o principal plot twist da série.Fonte:  IMDb/Reprodução 

twist significa torção ou volta, e nesse caso significa uma mudança brusca. Juntando os dois termos, o resultado é uma reviravolta inesperada na história. E é isso o que o plot twist é. Um exemplo que se tornou muito popular está no filme O Sexto Sentido. Na trama, que acompanha um psicólogo (Bruce Willis) e seu paciente (Haley Joel Osment) que consegue ver pessoas mortas, o diretor M. Night Shyamalan conseguiu usar a narrativa para aplicar esse recurso de maneira inteligente.

Quando o filme termina, o público percebe que o psicólogo morreu no início da trama e que seu paciente também está vendo ele como mais uma pessoa morta. Existem várias pistas entregues durante todo o filme, e quando você assiste novamente fica fácil de perceber. Porém, na primeira vez, o diretor consegue atrair a atenção do público para que ninguém repare no que está diante dos seus olhos.

Porém, nem sempre o recurso precisa aparecer no final do filme. Um bom exemplo disso está em O Show de Truman. Aqui, Truman Burbank (Jim Carrey) é uma pessoa que leva uma vida aparentemente normal, mas que começa a perceber algumas coisas estranhas acontecendo nela. Conforme o filme avança, o público é surpreendido com a descoberta de que Burbank foi colocado em um reality show ao nascer e não sabe disso. Conforme ele mesmo suspeita de algo estranho, o público também começa a desconfiar, e é possível descobrir a verdade em momentos diferentes, dependendo do quão for atenciosa a pessoa que estiver assistindo.

Existem ainda outros exemplos muito populares como O Clube da Luta, Os Outros, Psicose e Boa Noite, Mamãe. Ou ainda em séries como Westworld, que constrói plot twists ao longo da temporada, ou Game of Thrones, que apresentou mudanças repentinas em momentos importante da série, ou The Twilight Zone, que ficou famosa por usar esse recurso no final de todos os episódios.

O que é Plot Twist? Entenda o recurso narrativo de filmes e séries