Estudo: covid-19 aumenta risco de desenvolver diabetes tipo 2

1 min de leitura
Imagem de: Estudo: covid-19 aumenta risco de desenvolver diabetes tipo 2
Imagem: Shutterstock
Avatar do autor

A covid-19, doença causada pelo vírus Sars-CoV-2, tem se mostrado muito mais que uma infecção que afeta apenas as vias respiratórias e pulmonares. Desde 2020 estudos sobre o vírus tem demonstrado que além de causar sintomas gripais, e em casos mais graves pneumonia, a infecção afeta também outros órgãos e sistemas.

Um novo estudo publicado na revista científica Lancet Diabetes & Endocrinology mostrou que pessoas que contraíram covid-19 têm maior risco de desenvolver diabetes do tipo 2, mesmo sem fatores predisponentes.

A prática de atividade física é uma das maneiras de prevenir o surgimento da diabetes tipo 2A prática de atividade física é uma das maneiras de prevenir o surgimento da diabetes tipo 2Fonte:  Shutterstock 

A chamada covid longa pode estar relacionada ao aumento do risco de desenvolvimento da diabetes tipo 2, doença causada pela produção insuficiente ou má absorção de insulina no organismo.

A pesquisa sobre os efeitos da covid nesse novo quadro foram obtidas através do acompanhamento de 181.280 pessoas que tiveram covid-19, e passaram pelos serviços do Department of Veterans Affairs (VA), Estados Unidos, entre março de 2020 e setembro de 2021.

Foram utilizados dois grupos de controle, que contavam com mais de 4 milhões de pessoas, que não tiveram covid neste mesmo período de tempo que o estudo cobriu. Nenhum dos participantes, seja do grupo que teve a infecção por covid, ou dos grupos de controle, tinham fatores predisponentes para o desenvolvimento de diabetes.

De acordo com Ziyad Al-Aly, chefe de pesquisa e desenvolvimento do VA St. Louis Health Care System, e epidemiologista clínico na Universidade de Washington em St. Louis, em entrevista para o Wall Street Journal, o estudo demonstra que em escala mundial, há um risco de 1% de pessoas que tiveram covid-19 desenvolver diabetes.

Para os pesquisadores, “as implicações de nossas descobertas são claras. Na fase pós-aguda da doença, a covid-19 foi significativamente associada ao aumento do risco da incidência de diabetes.” No entanto os mecanismos com que a covid afeta a produção de insulina no pâncreas ainda não estão bem definidos, e necessitam de mais estudos.

ARTIGO Lancet Diabetes & Endocrinology: doi.org/10.1016/S2213-8587(22)00044-4

Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.