Antiga divisão de computadores da Sony, atualmente a VAIO pertence ao grupo japonês Japan Industrial Partners (JIP). A reestruturação pela qual a empresa passou fez com que ela ficasse um período longe dos mercados ocidentais, algo que deve mudar a partir de outubro deste ano.

Em uma declaração concedida ao Wall Street Journal, o CEO da JIP, Yoshimi Ota, confirmou que a marca deve passar a vender aparelhos fora do Japão a partir desse mês. Segundo ele, os lançamentos devem acontecer de forma gradual, chegando primeiramente aos Estados Unidos e ao Brasil.

A intenção da companhia não é vender máquinas para o público em geral, mas sim conquistar os profissionais de indústrias criativas, como designers — ou seja, ela quer competir diretamente com a Apple nesse segmento. A primeira aposta deve ser o VAIO Canvas Z, notebook 2 em 1 que será vendido nos Estados Unidos a partir de outubro por US$ 2,2 mil.

Futuramente, a VAIO também deve investir em produtos eletrônicos como smartphones, dispositivos vestíveis, equipamentos industriais e robôs voltados ao entretenimento. Até o momento, não há previsão de quanto os computadores vendidos pela empresa devem ser vendidos oficialmente no Brasil.

Cupons de desconto TecMundo: