Na última quinta-feira (29), um grupo de pesquisadores de Cambridge anunciou uma nova etapa no desenvolvimento de baterias de lítio-ar. Segundo eles, foram resolvidos vários problemas anteriores, o que resultou em uma nova bateria com alta densidade de energia capaz de ser recarregada mais de 2 mil vezes — teoricamente, 90% da carga pode ser utilizada sem qualquer espécie de perdas.

A nova tecnologia é vista como um potencial substituto para as baterias de íon-lítio, que foram introduzidas no mercado há 25 anos. A novidade se mostra particularmente atrativa para o uso em veículos elétricos, já que elas permitiriam uma redução no peso de componentes, o que resultaria no aumento da distância percorrida com uma única carga.

Apesar de animador, o resultado obtido pelos pesquisadores ainda é somente uma etapa inicial no desenvolvimento da nova tecnologia. Segundo os envolvidos no projeto, as pesquisas nessa área ainda estão “distante uma década” de entregar produtos que podem ser usados de forma comercial.

Qual você acha que é o futuro das baterias? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: