A marca suíça de relógios de luxo Swatch registrou em novembro do ano passado uma patente para usar com exclusividade a frase “One More Thing” como slogan para vários dispositivos eletrônicos; tais como relógios, players de música, computadores e aparelhos de telecomunicação. Essa jogada tem sido interpretada com uma cutucada na Apple, já que as duas companhias têm várias histórias nos tribunais.

Essa patente em específico foi publicada pelo governo suíço em maio deste ano, garantindo validade ao registro. Nesta semana, entretanto, ela foi reaplicada em pelo menos 44 outros países. Com isso, a Apple não poderia mais utilizar a frase em suas apresentações de produtos, mesmo sendo Steve Jobs o homem que a tornou famosa no ramo dos eletrônicos. Quase todos os eventos de produtos que o falecido CEO da Maçã liderou tinham o “One More Thing…” para trazer o último anúncio do dia.

As tretas...

Sobre as batalhas judiciais entre a Apple e a Swatch, há várias pendencias correndo na justiça entre as duas companhias. Uma delas é referente à marca “iWatch”, que já era registrada pela Swatch antes da Maçã lançar o seu Apple Watch. Ao que parece, a marca suíça tinha os direitos sobre o nome “iSwatch” e algumas variações, como “iWatch”, que só tem um “S” a menos.

Essa batalha judicial seria um dos motivos pelos quais a empresa de Cupertino resolveu não utilizar o nome “iWatch” para seu relógio inteligente. Ainda assim, esse poderia não ser o caso, já que a marca chegou a lançar a “Apple TV” anos antes, outro produto sem o icônico “i” no início do nome.

Cupons de desconto TecMundo: