Apesar de os consumidores só poderem colocar as mãos no Apple Watch no começo de 2015, o primeiro relógio inteligente da Apple continua causando furor entre os amantes de tecnologia. Como a empresa revelou pouquíssimas informações sobre as especificações do produto, as pessoas acabam ficando ansiosas por qualquer novo detalhe que surgir. Desta vez, o site taiwanês DisplaySearch descobriu que o smartwatch pode chegar equipado com a tão esperada tela de safira.

Muitos acreditavam que a tecnologia viria com o lançamento dos aparelhos iPhone 6 e iPhone 6 Plus, mas acabou não conseguindo ser incluída no projeto dos celulares, principalmente devido ao alto custo, peso e espessura do material quando comparado ao tradicional Gorilla Glass. Com preço inicial de US$ 349, o Apple Watch foi o produto escolhido pela companhia da Maçã para testar a resistente tela de safira.

Segundo analistas, a soma dos custos de pesquisa, produção e material da proteção de safira pode chegar a US$ 27 por cada unidade integrada ao smartwatch. Além disso, ficou cada vez mais certo que a coreana LG seria a responsável por produzir a tela AMOLED dos dispositivos, anunciada como um “display Retina flexível” capaz de diferenciar dois tipos de toque – normal ou mais suave.

O site especula também que o dispositivo virá em versões com tela de 1,3 e 1,5 polegadas, ambas com a mesma resolução: 240x320 pixels. A medida da tela é mais ou menos da mesma grossura da pulseira do relógio, com a proteção de safira cobrindo uma área bem maior – cerca de 2 polegadas na diagonal, de acordo com análises. Comenta-se também que os únicos modelos que não trarão a nova tecnologia de proteção serão os aparelhos da linha Apple Watch Sport.

Cupons de desconto TecMundo: