Doom está de volta! Uma das franquias mais clássicas do mundo dos games fará a sua estreia nos consoles da nova geração e nos PCs muito em breve, conforme foi revelado na noite de hoje (17) durante a QuakeCon 2014, evento que acontece na cidade de Dallas, no Texas.

De acordo com o produtor executivo Marty Stratton, o novo jogo deve se chamar apenas “Doom”, marcando um retorno às raízes da franquia. “Como vocês já devem ter percebido pelo teaser que apresentamos, o game vai se chamar apenas Doom e não Doom 4 ou algo como Enemy Territory: Doom Wars”, explicou. 

Outra novidade é que o título chegará ao Xbox One, ao PlayStation 4 e ao PC rodando com a engine ID Tech 6, em 1080p a 60 fps: ou seja, gráficos de primeira. Como foi revelado na apresentação, o desenvolvimento do jogo está sendo concentrado nos princípios da série, em especial no combate em ritmo acelerado. 

Stratton citou os diferentes “ingredientes” envolvidos nesse processo, o que inclui uma série de inimigos demoníacos e armas enormes e com alto poder de destruição, além de situações criativas. Ao ser atacado por um inimigo, sua vida não se regenera sozinha: será preciso sair em busca dos kits médicos como nos velhos tempos.

Ainda mais violento e aterrorizante

A trama do novo Doom deve se passar fora da Union Aerospace Corporation (UAC), em Marte, durante uma invasão de demônios. Na demonstração de jogo que foi exibida, foi possível observar um jogador percorrendo as instalações com uma espingarda nas mãos.

Na sequência, foram exibidos ataques corpo a corpo brutais, e o personagem principal exibiu algumas manobras furtivas, como saltos duplos, para fugir dos ataques. Em outro momento, o jogador pode arrancar o braço de um cadáver e utilizá-lo para ativar um teclado de uma porta trancada. Ao longo da caminhada, novas armas vão sendo reveladas, incluindo a tradicional espingarda de cano duplo. 

Outras sequências incluem ainda uma série de execuções brutais, como pisar em um inimigo, agarrar os seus braços e, literalmente, rasgá-lo no meio. No final da demonstração, uma cena particularmente brutal revelou um monstro levando a melhor ao arrancar os braços do jogador, batendo-os em seguida na cabeça dele até a morte. A demonstração, obviamente, levou o público ao delírio.

7 anos à espera de um novo Doom

De acordo com um post publicado no blog da Bethesda, a ideia de não fazer um evento público para anunciar o novo game – somente os participantes da QuakeCon 2014 tiveram a oportunidade de conferir de perto a novidade – era tornar esse momento mais do que especial para todos aqueles que estavam ali. Câmeras e celulares foram proibidos de entrar.

O desenvolvimento do novo Doom tem se mostrado um capítulo conturbado na indústria dos games. Desde 2007 que se fala da chegada do título, mas nada de concreto foi apresentado. A ideia é que o jogo fosse apresentado em 2008, até que, em 2009, por conta de desacertos contratuais, o título foi deixado de lado.

“As versões anteriores de Doom 4 não apresentaram a qualidade e a emoção que a ID e a Bethesda pretendiam entregar para os fãs em todo o mundo”, destacou Pete Hines, vice-presidente de relações públicas e marketing da Bethesda. “Como resultado, a ID orientou os seus esforços em uma nova versão, que promete atender as expectativas mais altas que o público tem com relação ao retorno da franquia”, finalizou.

Via Baixaki Jogos

Cupons de desconto TecMundo: