(Fonte da imagem: Divulgação/Sony)

Alguns piratas virtuais liberaram uma versão modificada de um firmware da Sony, permitindo que consoles PlayStation 3 comprometidos, devido a desbloqueios ou outras razões, possam acessar e logar na PlayStation Network. A “novidade” ainda traz uma série de LVO description keys, que possibilitam que a plataforma simplesmente ignore futuras atualizações da rede — o que poderia rebloquear o sistema.

De acordo com o site GI International, as medidas foram possibilitadas com o uso da atualização de firmware 3.60 da Sony, que trouxe uma vasta correção de falhas e de buracos no sistema. Foi esse update que possibilitou a correção dos furos que permitiram a invasão da PlayStation Network no começo do ano passado.

O mais novo firmware lançado pela empresa contém os atuais protocolos de segurança da rede online e, com o lançamento das novas chaves de segurança (“Description keys”), os usuários podem contornar quaisquer medidas de segurança que forem lançadas pela Sony. O grupo de hackers chineses conhecidos como “BlueDiskCFW” planeja vender o firmware personalizado por meio de um outro grupo, chamado “The Three Tuskateers”.

Se você acha interessante esse tipo de modificação não legalizada, lembre-se que esse mesmo “tipo” de pirata virtual foi responsável pela queda da PSN e pelo roubo de inúmeros cartões de crédito. Agora, com a existência aprimorada da versão brasileira da rede online, será que isso não pode gerar um novo problema para os gamers? Vamos continuar atentos.

Fonte: Eurogamer, GamesIndustry International

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: