Considerando-se os rumos tomados por God of War ao longo dos anos, é razoável que o anúncio de um novo game para a série suscite, imediatamente, uma dúvida na cabeça de qualquer fã: “Quais serão as próximas vítimas do assassino em série olimpiano?”. A questão é bem razoável, é claro. Afinal, nem os titãs e nem mesmo o alto escalão do Monte Olimpo — incluindo o próprio Zeus — conseguiram se manter a uma distância minimamente segura da vingança cega das Blades of Chaos.

Mas a Sony parece entender perfeitamente essa... “Limitação”. Afinal, quando todos os inimigos declarados e velados são abatidos, resta apenas uma saída óbvia: rebobinar o filme. De fato, como indica vagamente o nome, Ascension deve tratar da “subida”, do trajeto percorrido por Kratos em direção à sua temível existência como “O Fantasma de Esparta” (Ghost of Sparta).

Ok, não muito foi dito até o momento. Na verdade, além de uma imagem vazada a partir do site Amazon — no que provavelmente poderia ser chamado de um dos segredos mais mal guardados da história dos video games —, há apenas um trailer teaser, que é apenas o primeiro movimento oficial da Sony.

Entretanto, mesmo com a promessa de novos esclarecimentos para breve por parte do diretor atual da franquia, Todd Papy, convém olhar mais de perto para os detalhes que compõe o primeiro vídeo oficial de God of War: Ascension. Afinal, além dos litros de sangue despejados torrencialmente pela tela (algo que absolutamente não é nenhuma novidade), é possível que alguns detalhes possam passar batido se você não prestar uma boa atenção.

Dessa forma, o Tecmundo resolveu novamente catar a sua empoeirada lupa para olhar mais de perto para possíveis dicas, pistas e frestas do trailer de Ascension. Afinal, algo deve sair daí — além de alguma dose de SPOILERS, possivelmente.

“Ares, destroy my enemies, and my life is yours!”

Kratos nem sempre foi um serial killer de divindades olímpicas. Na verdade, ele já foi um respeitado capitão do exército espartano — um assassino serial de seres humanos, portanto. O passado coberto de glórias do deus da guerra falsário é lembrado logo no início do vídeo, contado por meio da voz solene da titã Gaia.

De fato, todo o trailer menciona uma época que, até o momento, foi alcançada apenas pelos flashbacks do primeiro God of War (SPOILER adiante). Enquanto conduzia as tropas espartanas em uma batalha de proporções épicas contra povos bárbaros, Kratos cometeu, talvez, o que poderia ser classificado como o seu maior erro.

Em um momento de desespero, gritou para o deus da guerra: “Ares, destrua meus inimigos, e minha vida será sua!”. Então, ele ganha as suas terríveis Blades os Chaos, tratando de aniquilar quase que instantaneamente as tropas inimigas. Mas, é claro, o pacto seria cobrado.

Um equívoco fatal

Há um trecho particularmente perturbador no trailer inicial de Ascension, algo que qualquer fã de carteirinha do “Fantasma de Esparta” deve ter percebido. Em determinado momento, o acorrentado Kratos aproxima carinhosamente a sua mão do rosto de uma mulher, a qual acaba degolada. Além disso, poucos segundos antes, é possível ouvir um riso baixinho de criança...

Trata-se, é claro, de algo simbólico, evocando os acontecimentos posteriores à entrada das Blades of Chaos em cena. Ainda conforme os flashbacks revelados no primeiro God of War, após o pacto com Ares, Kratos parte em uma guerra desmedida através de toda a Grécia. Em determinado momento, o espartano segue para um vilarejo de adoradores da deusa Athena a mando do deus da guerra.

A fim de transformar Kratos em um “guerreiro perfeito”, Ares o engana, colocando sua própria família no local. O anti-herói acaba então por matar a filha e a esposa por engano. E vale notar: até esse momento, a coloração da pele do guerreiro ainda é normal. Entretanto, o equívoco fatal faz com que Kratos seja amaldiçoado pelo oráculo da vida, fazendo com que as cinzas da sua família acabem fatalmente presas à sua pele, conferindo a conhecida coloração acinzentada.

Um espírito amaldiçoado

É claro, há vários outros detalhes que se podem apreender ao longo do trailer inicial de Ascension. Por exemplo, o momento em que a deusa Afrodite envia Medusa contra o espartano. Entretanto, é interessante notar a atmosfera que permeia todo o vídeo. Kratos é cada vez mais acorrentado a uma existência transbordante de sangue — altamente filosófico, não?

Vale notar a organização quase “fisiológica”, lembrando o que poderia ser uma corrente sanguínea, com plasma e glóbulos vermelhos. Ao final, o fantasma utiliza as correntes que o prenderam a uma existência desgraçada para conferir o primeiro golpe, dando o pontapé inicial a uma vingança que atravessaria ainda vários títulos. O resto, como dizem, “é história”.

O que esperar?

Talvez ainda seja um tanto arriscado supor qualquer coisa concreta para o esperado retorno de Kratos. Ou, pelo menos, nada além do óbvio — como, por exemplo, a necessidade de um tratamento gráfico colossal por parte da Sony, a fim de contemplar um console já em final de ciclo.

De qualquer forma, considerando-se que o Monte Olimpo é atualmente quase um terreno baldio, a ideia de um prelúdio à série parece mesmo acertada. Sobretudo se a ideia for conferir algum sentido para uma vingança que, há muito tempo, perdeu parte do seu significado.

God of War: Ascension será exclusivo para o PlayStation 3. Um chat ao vivo com o diretor do game está previsto para o próximo dia 30. Fique ligado no Tecmundo para mais novidades.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: