Preparando o caminho para a estreia oficial de Call of Duty: Modern Warfare 3 (agendada para o dia 8 de novembro) a Activision divulgou um novo trailer do jogo. Produzido pela agência 72andSunny o vídeo de 1m30 foi dirigido por Peter Berg, o mesmo por trás dos filmes “Hancock” e “O Reino”, e traz dois jogadores “comuns” — Jonah Hill de “Superbad - É Hoje”, como o n00b (novato) e Sam Worthington de “Avatar” no papel do Vet (veterano) — no calor da ação.

Enquanto isso, a Infinity Ward e a Sledgehammer Games comentaram sobre as controvérsias relacionadas ao desenvolvimento do jogo e a crescente disputa com a linha Battlefield. Em entrevista para a VentureBeat, Bret Robbins — diretor de criação da Sledghammer — falou que nunca houve uma necessidade de “ir além dos limites” e que o objetivo era simplesmente criar um jogo tão bom e envolvente quanto os anteriores.

Porém, o desenvolvedor de jogos afirma que o resultado final é muito melhor do que o esperado e que o título de fato vai além de seus predecessores. Além disso, o criador explica que o título também conta com algumas cenas chocantes, todavia, todas são muito bem contextualizadas, a exemplo do que aconteceu na infame sequência “No Russian” presente em Modern Warfare 2.