A maior plataforma de petróleo do mundo foi colocada na última sexta-feira (27) no seu local original de perfuração. A "Berkut", cuja a instalação será concluída nos próximos dias, está a 25 quilômetros da parte norte da Ilha de Sakhalin, no mar de Okhotsk, na costa russa do Pacífico. Segundo os especialistas, depois de atingir a sua capacidade total, a plataforma será a maior do mundo em volume de hidrocarbonetos produzidos anualmente.

A construção foi projetada especificamente para operar em condições subárticas duras, pode suportar ondas de até 18 metros, a pressão de campos de gelo de até dois metros de espessura, temperaturas abaixo dos 44 ºC negativos e até um terremoto de magnitude 9.

O peso da base da plataforma é de 160 mil toneladas, o seu perímetro é de 133 metros e a altura é de 50 metros. A plataforma foi projetada para a produção de 4,5 milhões toneladas de hidrocarbonetos por ano.

Tecnologias para aguentar o frio

Na sua construção, foram usadas as tecnologias mais recentes. Além disso, os cientistas realizaram trabalhos de pesquisas a respeito dos efeitos do gelo no mar de Okhotsk sobre a plataforma e fizeram recomendações dos cuidados para a sua proteção.

Anteriormente, as plataformas eram construídas com um cinto de proteção de metal. Para esse projeto, uma nova técnica foi desenvolvida para proteger as plataformas de petróleo: cinto de concreto para a proteção contra o gelo. Ela age de maneira mais efetiva contra os efeitos do frio e a sua produção é mais barata do que a fabricação de cintos de metal. É a primeira vez que a tecnologia é usada.

Cupons de desconto TecMundo: