Se há um projeto de “nova torre mais alta do mundo”, é bem provável que ele venha da Ásia — atualmente, das dez primeiras na lista das mais altas, nove vêm de lá. Além disso, o novo arranha-céu mais alto do planeta será erguido na Arábia Saudita.

Chamada de Kingdom Tower (ou Torre do Reino, em tradução livre), ela apresenta características impressionantes e é primeira a superar a barreira de 1 quilômetro de altura. Mas não é só nesse aspecto que ela é enorme: a área total a ser ocupada pela construção equivale a mais de 120 campos de futebol.

Esse é um projeto arrojado desenvolvido pelo escritório de arquitetura Adrian Smith + Gordon Gill — vale lembrar que Adrian Smith foi quem projetou a Burj Khalifa, atualmente a primeira colocada na lista das mais altas do mundo.

Um gigante sobre a Terra

Na horizontal, 1 quilômetro não é muita coisa assim, mas, na vertical, a perspectiva é completamente outra. A partir do solo, a Kingdom Tower tem impressionantes 1.007 metros de altura — e há quem diga que ela pode ser ainda maior devido a detalhes do topo da construção.

A título de comparação, os 1.007 metros de altura da Kingdom Tower farão esta torre exatos 179 metros maior do que a atual mais alta do mundo, a Burj Khalifa, nos Emirados Árabes Unidos. Ela também será 169 metros mais alta do que o Sky City, uma verdadeira cidade vertical em construção em Changsa, na China, que deve ficar pronta em junho deste ano.

(Fonte da imagem: Divulgação/AS+GG)

Para baixo do solo, a torre gigante que começa a ser erguida no próximo dia 27 de abril em Jidá, Arábia Saudita, terá uma fundação com 60 metros de profundidade. O concreto aplicado para manter tudo em pé vai ocupar uma área de 7,5 mil metros quadrados e estima-se que o peso final da construção seja de 900 mil toneladas.

E, para dar vida a tudo isso, serão empregados nada menos do que 500 mil metros cúbicos de concreto e 80 mil toneladas de ferro. A área total da construção será de 500 mil metros quadrados (o equivalente a mais ou menos 120 campos de futebol). O investimento para construir a supertorre será de, ao todo, US$ 1,2 bilhão, cerca de R$ 2,7 bilhões.

Espaço para quase tudo

Segundo o site oficial da Kingdom Tower, a torre terá mais de 200 andares e deve abrigar um hotel Four Season, condomínios de luxo, apartamentos comerciais e ainda a plataforma de observação mais alta de todo o planeta, localizada no 157º andar, a 503 metros de altura. Tudo isso espalhado em 530 apartamentos e 200 quartos de hotel.

(Fonte da imagem: Divulgação/AS+GG)

Para se movimentar por mais de duas centenas de níveis, moradores e frequentadores da nova torre árabe poderão usar um dos 59 elevadores. Cada um deles pode se mover a uma velocidade de até 10 metros por segundo, algo equivalente a 36 km/h. Para abrigar veículos de seus frequentadores, serão oferecidas 3.190 vagas de estacionamento.

Projeto e construção

Este projeto foi iniciado em 2011, recebendo a aprovação do governo da Arábia Saudita, mas sofreu algumas alterações ao longo do processo. A principal delas foi no tamanho: a Kingdom Tower foi inicialmente projetada para ter 1,6 mil metros de altura, mas estudos geológicos provaram que o solo da região não seria capaz de suportar tamanho empreendimento.

Isso e outros empecilhos técnicos, como o estudo em torno do tipo de concreto que será utilizado, visto que as temperaturas na região à beira do Mar Morto são bastante elevadas, acabaram atrasando o projeto. No site oficial, a informação que consta é de que a construção seria erguida entre 2012 e 2017, mas não foi o que aconteceu.

Contudo, nesta semana foi anunciado que a obra finalmente começará a ganhar vida e isso já tem data marcada: 27 de abril. A previsão inicial era de que tudo levaria 63 meses para ser construído, ou seja, é altamente improvável que a Kingdom Tower seja inaugurada antes de 2019.

Cupons de desconto TecMundo: