O Plaay, serviço de streaming de música gratuito 100% brasileiro criado no ano passado, anuncia sua chegada às plataformas Android e desktop Mac, Windows e Linux, além de atualizações para iPhone e iTouch. A empresa, que tem 99% de seus 800 mil usuários mensais no Brasil, acredita no crescimento do segmento no país, e por isso vem apostando suas fichas em novas funcionalidades.

Para Anderson Ferminiano, um dos sócios-fundadores do Plaay, o objetivo é incentivar o uso do streaming de música no Brasil apostando na interação que o brasileiro gosta de ter. “Pelo Plaay, o usuário pode escutar músicas enquanto conhece e interage com pessoas que gostam do mesmo estilo musical que ele. Nossa ideia é criar cada vez mais interação por meio do Plaay, já que a maioria dos usuários, na faixa dos 12 aos 24 anos, curte compartilhar opiniões e informações sobre música com seus amigos, sem pagar por isso”, destaca o jovem empreendedor, de 20 anos.

A estratégia de crescimento do Plaay é atingir os jovens e adolescentes das classes B e C oferecendo o serviço gratuito, além de gerar interação entre usuários, marcas e personalidades. Anderson acredita que este é o diferencial do Plaay em relação aos outros serviços de streaming de música.

"Acreditamos na nossa aposta de oferecer um serviço diferenciado e gratuito"

Números apontam que o novo modelo tem gerado interesse — o Plaay já contabiliza mais de 4 milhões de visualizações de página por mês em menos de dois anos, e um total de 20 milhões de músicas, o que atraiu a Pepsi como a primeira marca presente no negócio.

“A maioria dos modelos de negócios hoje no mercado oferece apenas o serviço de música, individualizado, ao contrário do que queremos difundir com o Plaay”, explica Anderson, acrescentando que pretende manter o modelo oferecendo música gratuita.

“Menos de um por cento da população do Brasil faz algum tipo de assinatura de streaming de música”, enfatiza Anderson. Outra funcionalidade que o Plaay pretende aperfeiçoar é o serviço offline. A ideia, segundo Anderson, é fazer parcerias com operadoras de telefonia móvel no intuito de melhorar a qualidade de conexão do usuário.

“A ideia do Plaay surgiu em uma das vezes que eu voltei dos EUA para o Brasil, em 2013. Lá, eu usava bastante outro streaming de música, que ainda não estava disponível por aqui. Certo dia senti necessidade de ouvir música por algum player e não encontrei nenhum que tivesse gostado e que estivesse disponível no Brasil” conta Anderson.

“Foi aí que decidi iniciar o Plaay, não como negócio, mas como player de música para meus amigos brasileiros”, continua. “Sabemos que o mercado está cada dia mais competitivo, mas acreditamos na nossa aposta de oferecer um serviço diferenciado e gratuito”, enfatiza o jovem empreendedor.

Cupons de desconto TecMundo: