5 dispositivos vestíveis que mostram como essa categoria tem evoluído

5 min de leitura
Imagem de: 5 dispositivos vestíveis que mostram como essa categoria tem evoluído
Avatar do autor

Os dispositivos vestíveis, definitivamente, vieram para ficar. A variedade de opções no mercado já é bastante grande e o TecMundo teve a oportunidade de testar vários deles. Alguns exemplos que renderam belas análises: a pulseira FitBit Flex, o Samsung Gear 2, o SmartWatch 2, da Sony, a pulseira Runtastic Orbit, o Oculus Rift, o Google Glass, a TalkBand, da Huawei, e o  Samsung Gear Fit.

Isso sem mencionar alguns dispositivos mais recentes que tivemos a oportunidade de testar durante a IFA 2014, como o Moto 360, o Gear S, da Samsung, o LG G Watch R e os SmartWatch 3 e SmartBand Talk, da Sony. Apesar de a maioria dos produtos serem da categoria SmarWatch, esses quatro exemplos de vestíveis mostram conceitos bem interessantes que fogem um pouco desse “lugar comum”.

Os dispositivos vestíveis não são só relógios e óculos inteligentes.

Todos esses produtos mostram uma tendência muito forte do mercado, para a qual até a Apple cedeu com o seu Apple Watch. Mas qual será a evolução e o futuro desses dispositivos? Como a categoria dos vestíveis vai mudar o nosso cotidiano?

É para responder esses questionamentos que trazemos uma lista com cinco aparelhos que mostram para qual caminho esse segmento está indo. Alguns desses produtos já estão disponíveis no mercado (graças aos sites de financiamento coletivo), enquanto outros ainda estão em desenvolvimento. Vamos lá?

meMINI – uma câmera vestível para capturar todos os momentos da sua vida

O meMINI é uma câmera vestível que permite a você “capturar os seus momentos favoritos depois que eles aconteceram”. Essa é a descrição desse produto que foi financiado através do Kickstarter, maior plataforma de financiamento coletivo do mundo.

A frase dá a entender que o equipamento faz uma “viagem no tempo”, mas o que ele faz, na realidade, é gravar continuamente tudo o que sua câmera captura e permitir que alguns segundos ou minutos sejam eternizados.

O produto arrecadou mais de US$ 90 mil, bem mais do que os US$ 50 mil que os criadores precisavam. O vídeo acima explica bem para que serve o produto e, mesmo que você não entenda inglês, perceberá com facilidade. O pequeno dispositivo fica preso à roupa da pessoa graças a um imã utilizado no aparelho e é relativamente discreto.

O meMINI já pode ser adquirido em seu site oficial e custa US$ 199 (aproximadamente R$ 476). Assim como praticamente todos os dispositivos vestíveis do mercado, o aparelho tem suporte a conectividade WiFi e Bluetooth para se comunicar com o smartphone.

Mi.Mu – uma luva para a música

Apesar de não ter atingido sua meta no Kickstarter, a Mi.Mu, uma luva para música, ainda continua em desenvolvimento. O vestível tem como objetivo mudar completamente a forma como os músicos e compositores  interagem com suas criações, permitindo que o movimento natural das mãos seja utilizado para esses momentos.

Parece um pouco confuso e talvez esse seja o motivo pelo qual o projeto não tenha conseguido arrecadar os US$ 200 mil que precisava. Porém, depois de assistir ao vídeo acima, é possível entender o que a cantora Imogen Heap pretende com o Mi.Mu.

Esse projeto não tem previsão de chegada ao mercado, mas seu blog oficial está sempre sendo atualizado. Os criadores, inclusive, ensinam as pessoas a criarem as suas próprias luvas para a música com um passo a passo e lista de materiais bem completos.

Lumo Lift – um corretor de postura revolucionário

Esse é para aqueles que vivem se esquecendo de manter a postura (literalmente falando). O Lumo Lift funciona como um lembrete para que as pessoas que estão utilizando o pequeno vestível corrijam a curvatura da coluna e não prejudiquem a saúde de suas costas.

O produto evoluiu bastante desde que foi financiado através do Kickstarter e hoje se mostra bem mais “usável” e funcional. Com ele, as pessoas raramente manterão a coluna torta e sempre se lembrarão de manter uma postura digna de alguém que quer crescer na vida. Isso é, inclusive, o que preconiza os criadores do Lumo Lift: uma postura correta melhora a confiança e encoraja a pessoa a ter uma vida mais saudável.

O Lumo Lift pode ser adquirido através do site oficial do produto. Ele está disponível em três cores: branco, preto e prateado, e custa US$ 99 (aproximadamente R$ 236). Com ele, você não tem desculpa para não manter a coluna reta.

Sensoria Fitness Socks – a meia inteligente

Quando ouvimos o termo “dispositivo vestível”, geralmente pensamos em um relógio, óculos ou qualquer outro equipamento que usamos no dia a dia. Porém, as nossas meias nunca entram nessa categoria por acharmos que elas não se adaptariam a toda tecnologia oferecida. Porém, o Sensoria Fitness é um equipamento que vai tirar proveito exatamente dessa peça rejeitada por nossas mentes.

Esse dispositivo, que se acopla às nossas meias, foi financiado no site Indiegogo e faz muito mais do que contar os nossos passos ou medir nossa velocidade. O Sensoria Fitness é capaz de calcular distâncias, estimar a quantidade de calorias gastas e, principalmente, interpretar como estão as suas pisadas.

Esse último dado é muito importante para ajudar aqueles que querem aprimorar a caminhada ou corrigir erros na hora da corrida. O dispositivo se conecta ao smartphone para interpretar essas e muitas outras informações. Em seu site oficial, o produto pode ser adquirido por US$ 149 (aproximadamente R$ 356).

Muse – mudando o jeito como o mundo pensa

O Muse é para aqueles que quere aprimorar a sua capacidade intelectual. Esse produto, financiado no Indiegogo, promete ajudar aquelas pessoas que se distraem facilmente, fazendo com que as elas se concentrem melhor. O aparelho também garante que ajuda a reduzir o stress do dia a dia. Mas como ele faz isso?

Os sensores do Muse, posicionados na região que vai sobre a testa e atrás das orelhas, captam e interpretam todas as ondas cerebrais emitidas pelo nosso órgão da caixa craniana. O produto consegue identificar, por exemplo, quando a pessoa está relaxada ou em um processo intenso de criação.

Em posse dessas informações, as pessoas podem começar a acompanhar todo o funcionamento do cérebro, processo bastante parecido com o que acontece com os leitores de batimento cardíaco. Com todo o histórico de funcionamento de seu órgão mais precioso, é possível adaptar os vários momentos do seu dia para ser mais produtivo. Em seu site oficial, o Muse custa US$ 299 (aproximadamente R$ 715).

--

Estes foram os dispositivos vestíveis que separamos para mostrar aos nossos leitores como a categoria tem evoluído. Além disso, separamos aqueles produtos que não se enquadram na definição de SmartWatch, mostrando que esse segmento é muito mais do que relógios e óculos inteligentes.

Você usaria algum dos produtos listados acima? Gostaria de sugerir mais algum para incluirmos na seleção? Deixe sua opinião no campo dos comentários!

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
5 dispositivos vestíveis que mostram como essa categoria tem evoluído