O Model 3 já não precisa mais de uma chave: seu smartphone vai ser o suficiente para abrir o carro. Agora, Elon Musk anunciou mais uma função que vai dar uma importância ainda maior para essa interação: perfis hospedados em nuvem, o que vai permitir que os donos de Tesla possam usar praticamente qualquer carro da marca como se fosse o seu.

A ideia é que você possa acessar informações personalizadas e suas configurações em qualquer veículo, graças a um perfil que ficará salvo em um servidor em nuvem. Isso dará uma sensação de familiaridade muito maior.

Essa função também facilitaria outro aspecto que o próprio Musk favorece bastante: o de compartilhamento de veículos. Não é de hoje que o CEO fala em uma rede que vai permitir que os donos de um Tesla possam fazer dinheiro com o carro quando ele não estiver sendo utilizado por eles – como é o caso de quando as pessoas estão no trabalho ou quando o veículo está na garagem por qualquer motivo.

Com a função de perfis, um dono de um Model 3 poderia compartilhar o seu carro com outra pessoa que possui o mesmo carro mas que está, por exemplo, fora de sua cidade e precisa de um carro para se locomover.

Ele vai poder acessar o veículo usando seu smartphone, ligá-lo através do aparelho e puxar seu ajuste de banco, de espelhos, perfil para o sistema de infotainment e tudo graças ao perfil em nuvem – que também poderá ser utilizado para identificá-lo no serviço de compartilhamento e fazer todos os registros e as transações necessárias.

O mais próximo dessa funcionalidade que já está presente é a troca de informações entre aplicativos de smartphone e o sistema dos veículos, para dados de navegação e outras funções remotas mais limitadas.