(Fonte da imagem: Reprodução/BGR)

As ações da Microsoft passaram por uma desvalorização de 2,5% na última terça-feira (7) após a revelação de que Alan Mulally, atual CEO da Ford, não pretende assumir o comando da empresa. Com isso, a companhia vê crescer a insegurança em relação a seu futuro, já que o executivo era um dos principais cotados para substituir Steve Ballmer, cuja aposentadoria deve começar em breve.

Em uma entrevista concedida à Associated Press, Mulally revelou que pretende continuar desempenhando seu cargo atual ao menos até o final de 2014. O executivo afirmou que pretendia acabar com a especulação quanto à sua saída “por não ter planos de fazer qualquer outra coisa senão atuar na Ford”.

Fontes familiarizadas com o processo de escolha da Microsoft afirmam que, com a saída de Mulally da competição, os candidatos mais cotados são Stephen Elop (ex-presidente executivo da Nokia) e Satya Nadella, da própria empresa. Outro profissional que chegou a ser cogitado foi Steve Mollenkopf, anunciado no final de 2013 como o novo CEO da Qualcomm — atitude que fez com que a empresa fundada por Bill Gates deixasse de considerá-lo para a vaga.

Cupons de desconto TecMundo: