Apple está sob investigação na United States International Trade Commission, uma agência do governo que cuida de setores do executivos e de comércio no país. O motivo? A infração de uma patente que foi aproveitada em vários dispositivos do catálogo recente da empresa.

Segundo a acusação, a Apple incorretamente adicionou tecnologias de compartilhamento de tela e desktop remoto da ex-parceira Aqua Connect em várias gerações de iPhones, iPadsiPods e Apple TVs. Desde 2007, as duas marcas trabalhavam juntas, mas a Maçã cortou relações em 2011 quando lançou o serviço Screen Sharing no Mac OS X 10.7 Lion e o recurso AirPlay para espelhamento de tela e compartilhamento de conteúdos entre dispositivos — ambos sem pedir permissão.

A tecnologia registrada pela pequena fabricante envolve "atualizar a sessão de um usuário em um sistema de computador de ambiente Mac" e "sistema, método e produto de programa para computador derivado do Mac que atualiza um ambiente de sistema de uma sessão de usuário". Em outras palavras, é de fato parecido.

Segundo o site PatentlyApple, a Aqua Connect processou a Apple em outubro deste ano, mas parece que a ação judicial evoluiu para a investigação oficial.

Cupons de desconto TecMundo: