Empresa de efeitos especiais cria moldes para treinar cirurgiões nos EUA

1 min de leitura
Imagem de: Empresa de efeitos especiais cria moldes para treinar cirurgiões nos EUA
Avatar do autor

O Hospital Infantil de Boston, nos Estados Unidos, formou uma parceria com a companhia de efeitos especiais Fractured FX para criar moldes realistas de estruturas do corpo humano. O objetivo é utilizar essas peças para treinar cirurgiões em um ambiente o mais próximo possível de uma sala de operações real, incluindo a sensação tátil que eles experimentam enquanto realizam um procedimento para salvar uma vida.

A empresa de efeitos é sediada em Santa Monica, na Califórnia, e fabrica peças que reproduzem partes da anatomia humana e outros tipos de objetos para diversos programas de TV como, por exemplo, American Horror Story e The Knick. Ela produz para o hospital diversas réplicas realistas de tecidos que pulsam e sangram, vasos sanguíneos, pulmões, corações, matéria encefálica, entre outras “partes do corpo”.

Os médicos então realizam simulações de cirurgia utilizando essas peças fabricadas e dão o feedback à equipe de efeitos especiais, indicando quando algo não se parece o suficiente com a sensação de um procedimento real. Essas orientações permitem aos criadores dos modelos anatômicos fazerem correções que ajudarão futuros cirurgiões a terem o máximo de segurança possível antes de realizar uma cirurgia em um paciente real.

A imagem da esquerda mostra uma cirurgia cerebral de verdade, enquanto a da direita revela um dos cérebros produzidos pela empresa Fractrured FX - Imagem: Boston Children's Hospital

Em breve o hospital pretende começar a treinar seus profissionais em outros tipos de cirurgia comumente realizadas em crianças, como a fissura labiopalatal (mais conhecida como lábio leporino), por exemplo. No futuro, o hospital quer oferecer comercialmente a outras instituições médicas os modelos produzidos por sua parceria com a Fractured FX, que continuará produzindo os materiais com uma precisão cada vez maior.

Você acredita que treinar em modelos é preparo suficiente para um cirurgião que precisa realizar procedimentos de vida ou morte? Comente no Fórum do TecMundo

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Empresa de efeitos especiais cria moldes para treinar cirurgiões nos EUA