Após passar alguns meses em fase de testes Beta, a atualização Sierra para o Mac OS foi liberada em sua forma final nesta quarta-feira (21). Disponível na forma de um download gratuito para todos os consumidores que possuem uma máquina compatível, a novidade traz uma série de recursos interessantes — entre eles, a aguardada integração com a assistente de voz Siri.

Pesando 4,77 GB, a atualização não pode ser considerada “grandiosa” quando levamos em consideração outras mudanças feitas pela Apple no passado. No entanto, ela cumpre a promessa da empresa de oferecer uma melhor integração entre suas diferentes linhas de hardware.

Siri e melhorias para o Centro de Notificações

A principal novidade do Sierra é a inclusão da Siri, assistente de voz que auxilia a checar a temperatura atual, corrigir erros gramaticais, criar mensagens de email e realizar buscas online, entre outras funções já bastante familiares aos donos de iPhones. No desktop, a solução também pode ser usada para procurar arquivos e abrir aplicativos.

A Siri também traz aprimoramentos para o Centro de Notificações

A tecnologia também implica em mudanças para o Centro de Notificações, que agora pode ser usado para fixar resultados de pesquisas. A área também pode ser usada para acessar rapidamente uma lista de compras, assuntos interessantes do Twitter e qualquer outro tema que você tenha acessado com a Siri.

Copiar e Colar universal e integração com o Apple Watch

Com o Sierra, o Mac OS ganha dois novos recursos do sistema Continuidade. A partir de agora, você pode copiar textos em seu iPhone e colá-los no desktop (e vice-versa) e usar o Apple Watch para desbloquear sua máquina. Com isso, os donos do relógio inteligente não precisam mais digitar suas senhas para continuar seus trabalhos.

Agora é mais fácil transportar conteúdos entre diferentes hardwares

Vale notar que, em  ambos os casos, as novidades só funcionam caso você possua dispositivos compatíveis com a tecnologia Bluetooth 4.0. A promessa da empresa é que esses recursos passem a funcionar sem a necessidade de realizar nenhuma configuração adicional — só é uma boa ideia usar a mesma conta em todos os seus gadgets para garantir que tudo vai ocorrer conforme o esperado.

iCloud

Caso você costume guardar seus arquivos no desktop ou na pasta Documentos, agora é possível configurar um backup automático deles na nuvem com auxílio do iCloud. Para isso, basta acessar as Preferências do Sistema> iCloud e escolher a opção que aciona o novo recurso.

Novos recursos de fotos

Outra novidade que o Sierra “empresta” do iOS 10 são os novos recursos de fotografia introduzidos pela plataforma mobile. Isso significa que agora você conta com soluções como a aba “Memórias”, um mapa de fotos e um sistema de reconhecimento facial integrado, entre outras novidades — incluindo a possibilidade de pesquisar por objetos específicos em sua galeria.

Muitas das novidades são emprestadas diretamente do iOS 10

Otimização de disco

Uma das principais melhorias do Sierra é o novo sistema de Armazenamento Otimizado, que permite usar o iCloud para decidir quais documentos devem ser mantidos no disco rígido (ou SSD) e quais vão ser mandados para a nuvem. A solução também é capaz de eliminar automaticamente arquivos antigos ou duplicados bem como eliminar resquícios deixados por instaladores de aplicativos.

Abas e mais abas

A Apple decidiu ampliar o uso de abas nos aplicativos do Mac OS, abrangendo desde o Music (que agora está um pouco mais fácil de navegar) até o compositor de textos padrão ao sistema. A lista dos aplicativos compatíveis é vasta, incluindo alguns feitos por companhias terceiras — basta usar o atalho “Command + T” para aproveitar o recurso.

Picture-in-Picture e outros recursos do iOS

Para finalizar, o Sierra pega emprestado um dos recursos mais interessantes do iPad: o Picture-in-Picture. Com ele, você pode “encolher” um vídeo e colocá-lo em um canto da tela, o que permite continuar assistindo a ele enquanto se concentra em outra tarefa — função que deve se mostrar especialmente útil para quem trabalha com monitores com tamanho considerável.

Outras melhorias menores incluem a integração do Safari com o sistema Apple Pay e a possibilidade de usar novos emojis com animações e tamanhos variados através do Messages. Até o momento, as críticas ao novo sistema publicadas na iTunes App Store têm se provado bastante positivas, sinal de que o sistema de testes Beta implementado pela Apple está gerando boas consequências.

Cupons de desconto TecMundo: