Ano passado, a ASUS deixou os fãs decepcionados por não trazer seu smartphone top de linha oficialmente para o Brasil. Já em 2018, ela não só trouxe para cá um modelo de ponta, o Zenfone 5z, mas conseguiu fazer isso com um preço de lançamento muito inferior ao dos concorrentes que chegaram por aqui.

Se por um lado isso quer dizer que a relação custo-benefício do aparelho está boa, por outro também significa que eles tiveram que economizar em algumas coisas. Vamos falar em detalhes sobre tudo isso agora no nosso review.

Aquela carinha de 2018

Um dos motivos que permitiram que a ASUS reduzisse o preço do 5z é o design, que é exatamente o mesmo do Zenfone 5. Eles são idênticos em dimensões, materiais, cores e tudo mais, então é impossível saber qual é qual apenas pela aparência. Dessa forma, o top de linha tem os mesmos pontos positivos do intermediário, com o visual bonito e moderno em vidro e metal.

No entanto, enquanto o estilo com notch e câmeras traseiras verticais é mais difícil de encontrar nos intermediários, no mercado de ponta a história é diferente, e há vários concorrentes com visuais similares. Além disso, assim como o Zenfone 5, o 5z não vem com certificação de resistência a água – ele consegue aguentar respingos e um pouco de chuva de vez em quando, mas a fabricante não garante que o celular não vai sofrer danos caso fique molhado.

ASUS Zenfone 5z review análise

Sobre o notch, eu mesmo não acho feio, mas quem odeia pode esconder via software. Somando-se a tudo isso, o 5z tem uma pegada boa para usar com uma ou duas mãos e vem com uma capinha na caixa, o que é legal em um smartphone com traseira de vidro.

Personalizando a traseira de graça

Para quem quiser personalizar a traseira, a ASUS disponibilizou ZenCards com personagens da Turma da Mônica, que podem ser colocados colocar sob o case transparente. Essa é uma ideia legal, e há várias opções da Turma disponíveis para download (você pode conferir todas na galeria a seguir). Tendo um desses na mão e tirando as medidas, nada impede você de criar os próprios ZenCards.

Tela digna

A tela do Zenfone 5z também é igual à do modelo intermediário, com um painel que a ASUS chama de Super IPS+ com 6,2 polegadas, resolução Full HD+ e proporção esticada que a fabricante oficialmente arredonda para 19:9. E como seria de se esperar com o mesmo kit, a experiência de uso também foi idêntica à que tivemos com o Zenfone 5.

As cores são vivas e você pode adaptá-las ao seu gosto nas configurações. Os tons de preto não são tão profundos quanto os de um OLED ou AMOLED, mas a diferença só é perceptível ao colocar ambos lado a lado. A resolução é ótima para consumir todo tipo de conteúdo com bastantes detalhes, então você provavelmente só sentiria falta de uma densidade de pixels maior se quiser usar o celular para conteúdos de realidade virtual.

ASUS Zenfone 5z review análise

Processamento de imagens que faz diferença

Tanto os sensores quanto as lentes do Zenfone 5z são os mesmos que estão no Zenfone 5. Na traseira são dois sensores, um da Sony com 12 MP e lente normal com abertura de f/1.8, e outro de 8 MP com lente wide de 120º e abertura de f/2.0. Já o sensor frontal tem 8 MP e abertura de f/2.0. No entanto, o fato de o hardware das câmeras ser o mesmo do celular intermediário não quer dizer que a qualidade das imagens é igual no 5z.

O celular top de linha tem o chip de ponta da Qualcomm, o que inclui um processador de imagens mais avançado, o Spectra 280. Com isso, o resultado dos cliques acaba sendo melhor do que o do intermediário e as imagens diurnas com a lente normal continuam sendo ricas em detalhes e cores. A melhora do top de linha sobre o intermediário é ainda mais perceptível nas fotos com a lente wide, que não sofrem com o mesmo problema de troca de cores que atingiu o Zenfone 5. Os cantos das capturas continuam apresentando distorção, mas isso só é perceptível caso objetos que normalmente seriam muito retos apareçam perto das beiradas da foto.

De noite, as imagens com ambas as lentes ainda têm ruídos, mas, em comparação com o intermediário, o Zenfone 5z produz fotografias mais claras, menos granulação e com equilíbrio melhor entre áreas escuras e pontos de luz fortes. Mesmo assim, as fotos noturnas com a lente wide continuam fracas.

A inteligência artificial, que explicamos no review do Zenfone 5, continua ajudando a otimizar as configurações para fotos no aparelho de ponta. Além disso, o modo Pro também tem ótimos recursos, com ISO de até 3.200 e exposição de até 32 segundos, entre outras coisas. Nos vídeos, o 5z consegue fazer gravações em 4K a 60 quadros por segundo, tudo com ajuda de um ótimo sistema de estabilização. Além disso, ele permite fazer filmagens em câmera lenta com 240 fps na resolução Full HD, com resultados legais sob a luz do sol.

As selfies saem com boa qualidade durante o dia. O efeito de profundidade continua exagerado aqui na maior parte do tempo, mas de vez em quando o resultado agrada. Mesmo assim, achei melhor depender das lentes traseiras para fazer o desfoque do fundo. O resultado foi um pouco pior durante a noite, com perda de detalhes e ruídos visíveis. No entanto, tomando cuidado para acertar o foco e usando a tela como flash, as fotos podem sair boas.

Poder de fogo para tudo

A principal diferença do Zenfone 5z em comparação com Zenfone 5 está nos componentes internos. O processador é o top de linha da Qualcomm, o Snapdragon 845, o que coloca o aparelho no mesmo nível de desempenho dos principais rivais no mercado. É possível usar a função AI Boost, que antes era traduzida como Turbinar, para aumentar um pouco o poder de fogo do celular em troca de um consumo mais rápido da bateria, mas mesmo sem isso ele consegue rodar aplicativos e games pesados com agilidade e sem qualquer problema.

A ASUS trouxe ao Brasil todas as variantes de configurações do 5z, então você pode escolher entre opções com 4, 6 ou 8 GB de memória RAM, e com 64, 128 ou 256 GB de armazenamento. Além disso, o aparelho vem com dois slots para SIM cards na bandeja, mas um deles é híbrido e pode aceitar um cartão micro SD se você preferir ter mais espaço. Dos novos Zenfones lançados em 2018, é o Max Pro que tem três espaços na bandeja.

Benchmarks

Para ver como o Zenfone 5z se sai em comparação com seus principais concorrentes, o aparelho foi submetido a quatro aplicativos de benchmark. Os testes utilizados foram o AnTuTu Benchmark 7.0, 3DMark (Slingshot Extreme), PCMark e Vellamo.

ASUS Zenfone 5z AnTuTu

O app AnTuTu 7.0 permite testar interface, CPU, GPU e memória RAM dos dispositivos. Os resultados são fornecidos individualmente e somados para gerar uma pontuação total. E aqui também vale a máxima para os pontos: quanto mais, melhor.

ASUS Zenfone 5z AnTuTu

O 3D Mark oferece uma série de testes para benchmark de smartphones. Entre eles, o Slingshot Extreme permite comparar diretamente entre processadores e GPUs em conteúdos acima do Full HD. A resolução do display é um fator que pode afetar o resultado final. Quanto maior a pontuação, melhor o desempenho.

ASUS Zenfone 5z AnTuTu

O PCMark mensura o desempenho do celular durante tarefas comuns de produtividade, como navegação na web, edição de vídeos e fotos e trabalho com documentos e dados em geral. Assim como nos outros casos, totais de pontuação maiores significam resultados melhores.

ASUS Zenfone 5z AnTuTu

O Vellamo Mobile Benchmark aplica dois testes aos smartphones, medindo o desempenho durante o acesso de conteúdo na internet por meio de navegadores no primeiro e a performance do processador no segundo. Novamente, números maiores indicam resultados melhores.

Interface inteligente

Falando agora do software, o Zenfone 5z também vem com o Android Oreo modificado pela ZenUI 5.0, com uma experiência de uso igualmente fluida e todos os mesmos recursos que vimos no Zenfone 5. Nada de engasgos perceptíveis ou travamentos durante o nosso teste. Além do Toque de IA e de outros recursos pontuais que explicamos na análise do intermediário, os dois aparelhos contam com um bom sistema de assistente de áudio, que permite personalizar sua experiência sonora com ou sem fones de ouvido.

A ZenUI 5.0 também tem mais alguns benefícios da parceria com a Turma da Mônica, incluindo papeis de parede, um tema exclusivo com alguns ícones como se fossem desenhados pelo Cebolinha e a inclusão dos quatro membros principais da Turma entre os Zenimojis disponíveis. É legal ter os personagens disponíveis na função, e no 5z os Zenimojis respondem um pouco melhor do que no Zenfone 5. Mesmo assim, a modelagem dos bonecos ainda está um pouco estranha e o resultado continua longe do ideal.

ASUS Zenfone 5z review análise

Bateria ok, recarga acelerada

A bateria do Zenfone 5z tem os mesmos 3.300 mAh de capacidade que o Zenfone 5, mas o resultado do top de linha é um pouco pior do que o do intermediário. O consumo de energia com a tela ligada é consideravelmente maior no 5z, então a tarefa de chegar até o final do dia sem fazer uma recarga vai ser um pouco difícil para quem tem o hábito de passar mais de duas horas por dia jogando no celular, além de fazer a utilização normal do aparelho.

Não é impossível fazer o Zenfone 5z aguentar até de noite, mas eu frequentemente acabei precisando de uma carguinha durante a tarde ou tive que moderar minha utilização e ativar a economia de energia na volta para casa – e isso porque quase nunca usava a função AI Boost, que gasta mais força. E ele não conta com carregamento wireless.

ASUS Zenfone 5z review análise

Pelo menos a ASUS compensou incluindo um carregador melhor na caixa do Zenfone 5z. Com o acessório de fábrica, a bateria foi de zero a 94% em 1 hora, completando a carga totalmente em 1 hora e 15 minutos. É o menor tempo de recarga entre todos os aparelhos que eu testei até hoje. Além disso, o celular também tem a função de Carregamento AI, que ajuda a manter a saúde das reservas energéticas por mais tempo.

Extras

Assim como o intermediário, o Zenfone 5z tem alto-falantes estéreo com ótima qualidade sonora e volume intenso, além de conta com o modo externo para facilitar a audição em ambientes barulhentos. O fone de ouvido intrauricular, que é o mesmo do Zenfone 5, tem ótima qualidade sonora, conseguindo reproduzir áudios hi-res.

ASUS Zenfone 5z review análise

Outro ponto que vale citar é que no top de linha eu não tive o mesmo problema do Zenfone 5no leitor de digitais na traseira, que falhava com frequência no intermediário. Aqui, ele funcionou com rapidez e de forma consistente, então nada a reclamar.

Vale a pena?

Os preços de lançamento do Zenfone 5z foram um dos pontos mais impressionantes do aparelho, com a versão básica do top de linha saindo por R$ 2,5 mil à vista ou R$ 2,8 mil parcelados. De lá para cá, a ASUS reajustou o valor por causa da alta do dólar, e agora o modelo com 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento está saindo oficialmente por R$ 2,9 mil no site da empresa. A versão com 6 GB de RAM e 128 GB de espaço interno custa R$ 3,4 mil e a mais parruda, com 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento, sai por R$ 3, 9 mil.

Pesquisando em varejistas brasileiros e pagando à vista, dá para encontrar o modelo mais básico por uns R$ 2.550, o do meio por R$ 3.070 e o mais completo por cerca de R$ 3.420. Além disso, é possível importar em lojas como a GearBest, onde ele sai por uns R$ 2,1 mil, mas nesse último caso você não vai receber correções de software exclusivas dos modelos fabricados no Brasil e também pode ter que pagar de R$ 200 a até 60% do valor do aparelho se for taxado pela alfândega, o que pode deixar o importado mais caro que o nacional.

ASUS Zenfone 5z review análise

Mesmo considerando apenas os preços aqui no Brasil, a versão do Zenfone 5z com menos memória está custando consideravelmente menos que concorrentes com especificações parecidas, tornando o aparelho uma ótima opção para quem quer comprar um top de linha pagando o mínimo possível. Já a variante intermediária, com 128 GB de armazenamento, acaba caindo na mesma faixa em que o Galaxy S9 com o mesmo espaço interno pode ser encontrado hoje, o que torna a competição mais complicada para a ASUS.

-----

E aí, o que que você achou do Zenfone 5z? Mande a sua opinião e qualquer dúvida que tiver sobrado nos comentários a seguir, ou fale comigo pelo perfil @Leobrjor no Instagram ou no Twitter. Quer um para você? Confira os links a seguir com os melhores preços atuais e clique aqui para instalar a extensão do TecMundo Descontos para o Google Chrome.

Opções de compra