O maior vazador de informações sobre o mundo mobile no Twitter, @evleaks, publicou hoje (26) imagens do que deve ser o design frontal dos próximos smartphones top de linha da Samsung, os Galaxy S9 e S9+. Só que, algumas horas depois, ele resolveu atualizar o seu vazamento com uma informação que havia esquecido de repassar para os seguidores: os novos celulares da coreana copiariam uma função conhecida do iPhone X da Apple, os Animoji.

Não há nenhum detalhe sobre como isso deve funcionar no smartphone da Samsung, mas podemos assumir que a fabricante encontrou uma forma de rastrear os movimentos do rosto dos usuários de modo a colocar emojis de cocô no lugar de suas faces na tela. O vazador confirma que esses elementos estarão disponíveis direto no app de câmera quando o usuário ligar o sensor frontal, diferente do que acontece no iPhone X.

O segundo recurso que o novo top de linha da Samsung pode acabar copiando do celular com telas sem bordas da Apple é o preço alto. De acordo com outro vazador confiável, @Ricciolo1, ele provavelmente não vai custar US$ 999 (pelo menos na versão mais simples), mas espera-se que o preço ultrapasse a casa dos US$ 800. Isso porque o Galaxy S7 chegou ao mercado internacional custando US$ 650, e o S8 veio a US$ 750. Se a coreana resolver manter essa crescente, é provável que o valor do S9 comum seja US$ 850 nos EUA, o equivalente a R$ 2,6 mil desconsiderando eventuais impostos.

Se a coreana resolver manter essa crescente, é provável que o valor do S9 comum seja US$ 850 nos EUA

Claro que, no Brasil, o celular custaria muito mais que esse preço convertido em reais. O S8 chegou por aqui perto da casa dos R$ 4 mil, portanto esperamos que o “modelo básico” ultrapasse esse valor desta vez. Qual é o seu palpite? Deixe na seção de comentários o quanto você acha que custará o próximo top de linha no Brasil. @Ricciolo1 fala que os novos Galaxy S9 e S9+ serão os mais caros aparelhos da linha Galaxy S até hoje.

Seja como for, o aparelho não será barato e é possível entender por que a Samsung talvez queira aumentar o preço dos seus top de linha. Segundo rumores anteriores, os modelos desse ano devem chegar com uma câmera principal com abertura variável, um recurso mecânico que mudaria a abertura entre f/2.4 e f/1.5, a maior em qualquer smartphone no mundo.

Fora isso, o S9+ deve contar com um sistema duplo de câmeras na parte traseira e ainda um conjunto de memória RAM e armazenamento mais interessante do que o do S9 comum. Enquanto aparelho menor chegará com apenas uma câmera na traseira, 4 GB de RAM e 64 GB de espaço, o maior teria dois sensores, 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento. Contudo, nada disso foi confirmado até o momento. São apenas rumores.

O Galaxy S9 e o S9+ devem ser lançados pela Samsung no dia 25 de fevereiro, logo no início da MWC 2018, em Barcelona, Espanha. Fique ligado ao TecMundo para ficar por dentro das novidades.