(Fonte da imagem: Reprodução/TheAirSpace)

Por Bruno Capelas (AE) - Kim Dotcom, o criador do Megaupload, é um homem de posições firmes e polêmicas. Dessa vez, o alemão soltou algumas frases fortes a respeito do Popcorn Time, aplicativo que faz streaming pirata de filmes via torrent, oferecendo aos usuários os últimos lançamentos da sétima arte e opções de legenda.

"É o fim de Hollywood", acredita Dotcom, que já passou um tempo na cadeia após ser processado por violação de direitos autorais. O Popcorn Time, que ganhou os holofotes da internet na semana passada, teve seu desenvolvimento abandonado por seus criadores originais no último fim de semana - o arquivo de instalação do app chegou até a ser deletado por eles mesmos do Mega, site criado por Dotcom após o fim do Megaupload.

Entretanto, um grupo de desenvolvedores denominado YTS e conhecido na rede como YIFY prometeu retomar o aplicativo. "O Popcorn Time e outros aplicativos semelhantes mostram aonde a estrada vai acabar para Hollywood. É uma briga de gato e rato, que a indústria só poderá ganhar oferecendo serviços inteligentes de internet", avaliou Dotcom - há quem diga que ele tenha feito uma referência ao Netflix, já considerado um exemplo de sucesso na monetização do cinema após a exibição nas salas de cinema.

Para Dotcom - que recentemente criou um partido na Nova Zelândia e lançou um disco de música eletrônica - a solução não é o combate agressivo à pirataria:  "fechar o Megaupload não ajudou a erradicar os piratas - eles estão cada vez mais fortes, e retirar seus serviços do ar será cada vez mais difícil para a indústria", explicou ele.

Cupons de desconto TecMundo: