Estudantes brasileiros vão para os EUA competir em torneio de robótica

1 min de leitura
Imagem de: Estudantes brasileiros vão para os EUA competir em torneio de robótica
Fonte: FRC
Avatar do autor

Um grupo de alunos de escolas públicas do interior de São Paulo é o Brasil em uma competição renomada de robótica. Dez estudantes estão na próxima fase da First Robotics Competition (FRC) 2019, que será realizada em março nos Estados Unidos.

A equipe Brazilian Storm, de São José dos Campos, participará de duas etapas regionais: em Little Rock (Arkansas) e em Huntsville (Alabama). Natural de São José dos Campos, a seleção foi formada por dois professores voluntários, que tinham o objetivo de promover inclusão social a partir do ensino de robótica para quem não podia pagar.

O engenheiro industrial mecânico Leonardo Rosa e Arthur de Oliveira, mecânico montador de sistemas na Embraer, ensinaram aos estudantes programação com Arduíno, conceitos de eletrônica, mecânica, programação de robô e uso de plataforma de geração de projetos em 3D.

Pessoas.

O trabalho começou há 3 anos, com aulas nas férias e aos sábados na Escola Professor Alceu Maynard Araújo. Leonardo foi quem criou a Associação Joseense de Apoio a Pesquisa e Ensino em Tecnologia (Ajapet), hoje um projeto que atende oito instituições na cidade e em regiões próximas.

Na primeira participação do Brazilian Storm no First Robotics Competition, em 2017, os estudantes brasileiros foram à final na etapa regional do Sul da Flórida, em West Palm Beach, e ganharam o prêmio de melhor equipe novata.

Sobre o torneio

O FRC é a principal competição de robótica no mundo. Com idades entre 14 e 18 anos, os integrantes dos 4 mil times de todos os cantos do planeta precisam construir e programar robôs para superar desafios e executar tarefas enfrentando outros competidores em uma arena especialmente adaptada para a disputa.

A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) patrocina os estudantes e mentores que viajam para os EUA.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Estudantes brasileiros vão para os EUA competir em torneio de robótica