Hanson Robotics – empresa especializada em desenvolvimento de robôs – anunciou o lançamento de mais uma humanoide: a Little Sophia. Com aparência peculiar, ela foi desenvolvida em miniatura para o público infantil, em especial meninas com idades entre 7 e 13 anos. Seu principal objetivo é ser uma espécie de assistente educativa e amigável, que incentive o ensino sobre temas, como Inteligência Artificial e programação por meio da metodologia STEM – acrônimo de Science, Technology, Engineering, and Mathmatics/Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática –, que propõe o aprendizado interdisciplinar por meio de desafios práticos.

Little Sophia não é qualquer robô, pois ela tem sido apresentada como irmã mais nova da famosa robô Sophia, de 2016, também criada pela Hanson Robotics. Nesse sentido, a pequena robô de 14 polegadas recebeu as mesmas tecnologias aplicadas em sua parente. E vários especialistas responsáveis pelo projeto da versão mais antiga também participaram do processo de desenvolvimento da versão mais jovem.

Segundo comunicado da companhia, Little Sophia foi criada “com a expressividade e a personalidade envolvente que tornaram a robô Sophia tão atraente, ampliando ainda mais o alcance da nossa tecnologia de IA baseada em personagens.” Na publicação também é dito que a nova humanoide “oferece uma experiência educativa e de entretenimento de alta qualidade que motiva e inspira jovens estudantes a passar o tempo aprendendo com ela.”

Dentre suas capacidades estão: reconhecimento facial, interação presencial e via chat, contagem de histórias e piadas, além da habilidade de jogar games. A robô tem ainda um aplicativo complementar, que pode ser baixado nos sistemas iOS e Android. A partir desse recurso, é possível até mesmo tirar selfies com ela em Realidade Aumentada.

Para venda da primeira linha do produto, a empresa também lançou uma campanha mundial de financiamento coletivo no Kickstarter, com contribuições que variam entre 149 e 199 dólares. As entregas poderão ser feitas para qualquer parte do mundo, e estão previstas para dezembro de 2019.