(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

A Maximus VI Formula é mais uma placa-mãe da ASUS com suporte aos novos processadores Haswell, da Intel. O modelo conta com o chipset Z87 e oferece uma infinidade de recursos desenvolvidos para impressionar até mesmo os mais exigentes em termos de hardware.

O modelo é uma das primeiras placas-mãe da ASUS a contemplar o sistema de arrefecimento CrossChill. Esse recurso permite que tanto água como ar possam ser utilizados para o resfriamento dos MOSFETs que circundam o processador. Para completar, ela ainda conta com o ROG Shield, um escudo de proteção que envolve quase toda a placa.

A Maximus VI Formula pertence à linha ROG (Republic of Gamers – República dos Jogadores) lançada em 2006 pela ASUS. A linha de inclui uma grande variedade de produtos diferentes, trazendo notebooks, desktops, placas de vídeo e, é claro, placas-mãe. O objetivo do selo é identificar equipamentos com recursos direcionados ao público gamer.

(Fonte da imagem: Divulgação/ASUS)

Embalagem

A embalagem da Maximus VI Formula segue o padrão tradicional da série. A caixa — em tons de vermelho — é maior que a das placas “normais”. A tampa superior pode ser aberta como se fosse a capa de um livro: dentro é possível ver uma descrição completa dos recursos da placa-mãe e a própria placa, através de uma janela transparente.

Quando finalmente abrimos a embalagem, encontramos duas outras caixas: a primeira contém a placa-mãe, coberta por uma tampa de plástico transparente; e a segunda caixa carrega todos os acessórios que acompanham o modelo, incluindo os seguintes itens:

  • Manual do usuário;
  • I/O Shield;
  • 8 x cabo SATA 6Gb/s;
  • 1 x antenas móveis ASUS 2T2R dual band WiFi (802.11a/b/g/n/ac);
  • 1 x SLI bridge;
  • 1 x Q-connector(s) (2 em 1);
  • 1 x 12 in 1 etiquetas ROG para cabos;
  • 1 x mPCIe Combo II card com WiFi 802.11 dual-band a/b/g/n/ac + Bluetooth v4.0/3.0+HS;
  • 1 x Aviso de porta ROG.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

    Por tratar-se de uma placa-mãe mais sofisticada, a Maximus VI Formula carrega um número muito maior de itens opcionais que os modelos tradicionais.

    Um visual que impressiona

    É difícil não se impressionar com o visual da Maximus VI Formula. O equipamento chama atenção até mesmo de quem não é especialista em placas-mãe; e isso não é exagero. A ASUS desenvolveu um modelo completo e cheio de recursos e que, de quebra, ainda apresenta um visual de arrasar.

    Sem sombra de dúvidas, o item que mais se destaca no conjunto — pelo menos à primeira vista — é o ROG Armor, uma proteção que envolve quase toda a placa-mãe exatamente como se fosse uma armadura, como o nome sugere.

    (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

    Essa peça tem uma função importante: enquanto a parte de cima serve para proteger os componentes do calor gerado pela placa (ou placas) de vídeo, a parte que fica embaixo serve para manter o conjunto firme e impedir que componentes muito pesados possam danificar a motherboard.

    O ROG Armor é construído com dois materiais diferentes: a parte superior é em plástico ABS, e a parte inferior de metal.

    A "armadura" da placa-mãe. (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

    Ao olharmos mais de perto para a parte que fica próxima ao processador, podemos perceber que, apesar de o processador ser socket 1150, é possível conectar coolers de outros formatos na placa (como o antigo 1155). Uma ótima notícia para quem está trocando de máquina e quer reaproveitar o sistema de refrigeração da geração anterior.

    Essa placa-mãe suporta até quatro pentes de memória DDR3, totalizando 32 GB RAM. A velocidade pode ser de até 3.000 MHz, em modo overclock.

    MemOK!

    Caso o seu computador não ligue, ou esteja apresentando telas azuis da morte, o problema pode ser na memória instalada. A Maximus VI Formula traz uma ferramenta para testar essa função de forma fácil e rápida: trata-se do MemOK!, um botão que fica próximo aos slots de memória. Bata pressioná-lo e aguardar pelo diagnóstico do sistema.

    Sistema híbrido CrossChill

    Os MOSFETS localizados em torno do soquete do processador receberam um sistema de arrefecimento diferente nessa placa-mãe. Em vez de simplesmente posicionar dissipadores de alumínio tradicionais, a ASUS implementou o CrossChill, um sistema híbrido que funciona tanto com ar como com água.

    (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

    O dissipador em forma de L possui dois conectores para mangueiras em suas extremidades. Basta encaixar o seu watercooler no lugar e aproveitar uma diminuição de temperatura que pode chegar a 23 °C, segundo a ASUS. Isso vai garantir overclocks muito mais precisos e seguros no equipamento.

    (Fonte da imagem: Divulgação/ASUS)

    Se você não quiser utilizar um sistema de refrigeração líquida no dissipador dos MOSFETs, pode confiar no sistema passivo de refrigeração, já que o dissipador é grande o suficiente para absorver e dissipar o calor sem a necessidade de coolers extras.

    Extreme Engine Digi+ III

    Gerenciar a energia com eficiência é primordial para garantir o funcionamento adequado do computador. É por isso que a Maximus VI Formula trabalha com o Digi+ III, um sistema de gerenciamento completo que permite ajustes precisos e dinâmicos no fornecimento de energia para o processador e para a memória.

    (Fonte da imagem: Divulgação/ASUS)

    Os MOSFETs NexFET incluídos na placa garantem 90% de eficiência (em condições normais de uso) e oferecem mais durabilidade que componentes mais tradicionais. Outro componente que merece ser mencionado são as bobinas BlackWing: cada uma pode fornecer até 60A a uma temperatura de até 125 °C. Para completar, o conjunto conta com capacitores sólidos japoneses, prontos para aguentar muito mais trabalho que os modelos tradicionais.

    Conexão de periféricos

    A ASUS tratou de incluir um grande número de conexões nessa placa-mãe. Somente portas SATA III são dez, sendo que seis delas são gerenciadas pelo chipset Intel Z87 e as outras quatro são controladas pelo chip ASMedia ASM1061. Essas portas são posicionadas na lateral da Maximus VI, bem ao lado do chipset.

    A placa também conta com 8 portas USB 3.0: quatro delas controladas pelo chipset Intel Z87 e quatro delas controladas pelo chip ASMedia ASM1061

    (Fonte da imagem: Divulgação/ASUS)

    Ao todo, as conexões são as seguintes:

    • 10 x SATA III - 6 Gb/s
    • 3 x PCI Express 3.0 x16 (x16 ou dual x8 ou x8/x4/x4)
    • 1 x mini- PCI Express 2.0 x1 *2
    • 3 x PCI Express 3.0  2.0 x1
    • 8 x USB 3.0
    • 8 x USB 2.0

    Chipset Intel Z87

    O Chipset Intel Z87 foi lançado em conjunto com a quarta geração de processadores Core da Intel. O modelo oferece uma série de vantagens em relação às versões anteriores de chipsets da Intel.

    Uma das principais novidades presentes nessa versão é o Flex IO, uma característica que dá mais flexibilidade aos fabricantes de placas-mãe. Isso porque, até a geração anterior, o chipset trazia um número fixo de portas USB e SATA. Agora, os fabricantes podem programar o funcionamento de algumas dessas conexões independentemente.

    (Fonte da imagem: Divulgação/Intel)

    Um exemplo prático disso é que pode-se adicionar mais portas de conexão USB 3.0, por exemplo, sem precisar depender da instalação de um controlador externo na placa.

    Entretanto, como a Maximus VI Formula conta com muito mais portas de conexão que outras placas, a ASUS decidiu incluir um segundo controlador no modelo, o ASMedia ASM1061, que gerencia parte das portas SATA e USB 3.0 disponíveis no modelo.

    UEFI Bios

    A UEFI BIOS instalada na Maximus VI Formula é uma versão modificada, que segue o estilo ROG da ASUS. Ela oferece um modo rápido e intuitivo de gerenciamento do sistema. A BIOS possui uma interface gráfica completamente amigável que pode ser controlada com o mouse e oferece ferramentas completas de controle que podem ser utilizadas por qualquer um sem muita dificuldade.

    Para aqueles que preferem ter um poder maior sobre as funções da BIOS, também é possível alternar para o modo avançado, que oferece uma interface mais próxima à do modelo tradicional.

    Modo básico – EZ Mode

    O modo básico, ou EZ Mode, oferece ferramentas de configuração mais automatizadas, para facilitar a vida daqueles que não possuem muita experiência com esse tipo de modificação.

    A tela é bem dividida: na parte superior é possível ver um resumo da configuração da máquina, incluindo modelo de processador instalado, e memória total. Logo abaixo, um pequeno sistema de diagnóstico mostra as informações sobre temperatura da CPU, velocidade dos coolers instalados e modelos de placas de memória. Um menu drop down ao lado dos coolers oferece um modo para alterar o sistema de funcionamento deles.

    (Fonte da imagem: Divulgação/ASUS)

    O principal diferencial vem a seguir: a categoria “System Performance” oferece três configurações de sistema diferenciadas: “Power Saving”, “Normal” e “ASUS Optimal”. Ao selecionar cada uma delas, um gráfico de três pontas mostra como fica o equilíbrio do sistema entre silêncio, desempenho e eficiência energética: basta selecionar aquele que mais atenda às suas necessidades.

    Na parte inferior da tela é possível selecionar qual será o ponto de partida da máquina: CD, pendrive ou HD. Alternar o dispositivo de boot também é simples, bastando arrastar os itens com o mouse e mudar a ordem deles.

    Modo Avançado

    O modo avançado segue o padrão já tradicional de BIOS ao qual estamos mais acostumados. A parte superior traz as categorias de configuração: basta clicar na aba específica para ter acesso a todos os recursos do computador.

    O destaque aqui fica por conta da categoria AI Tweaker, que permite ajustes complexos do funcionamento da máquina. Caso você pretenda fazer overclock no seu computador, vai gostar de saber que aqui é possível regular precisamente a voltagem da CPU.

    O modo avançado também permite que você crie perfis de overclock diferenciados e renomeie as portas de conexão SATA livremente: ideal para manter o seu computador mais organizado.

    (Fonte da imagem: Divulgação/ASUS)

    O destaque da BIOS vai para a ferramenta SSD Secure Erase, que pode aumentar o desempenho das unidades SSD. Esse tipo de equipamento pode ter a performance degradada com o tempo devido ao volume de dados escritos e reescritos.

    Para resolver esse problema, a placa-mãe pode fornecer uma ferramenta que garante a remoção desses dados com mais eficiência, garantindo que o SDD funcione sempre com o máximo de desempenho. E o melhor de tudo é que o recurso pode ser acessado através da BIOS da máquina.

    BIOS Direct Key e recursos para Windows 8

    Um recurso interessante apresentado pela ASUS nessa motherboard é o Direct Key, uma tecla encontrada na placa-mãe que, ao ser pressionada, leva você direto para a tela de configuração do computador, evitando a necessidade de precisar reiniciar a máquina e pressionar repetidamente a tecla del.

    Isso é extremamente útil nos computadores modernos com Windows 8 e um disco SSD instalado, em que o tempo de boot é extremamente rápido.

    Mas e se a placa-mãe estiver trancada dentro do gabinete? Como pressionar essa tecla? Simples, basta conectar um switch externo ao jumper DRCT encontrado na placa-mãe. Uma dica da própria ASUS é utilizar o botão reset para fazer isso. Depois, sempre que você pressionar essa tecla, a máquina vai ligar e entrar automaticamente na Bios.

    (Fonte da imagem: Divulgação/ASUS)

    Esse acesso rápido à BIOS da máquina pode ser ativado também pelo computador, a partir do sistema operacional. Para isso, basta acessar a opção “ASUS Boot Setting” e clicar em DirectBIOS para reiniciar a máquina diretamente na tela de configuração.

    Para completar, o software Probe II Sense permite que você monitore a situação do sistema a partir de um ícone dinâmico localizado na Tela iniciar do Windows 8, acompanhando voltagens e temperaturas do sistema.

    ASUS Wi-Fi GO! e mPCIe Combo II

    O ASUS Wi-Fi Go! Permite que você controle o seu computador através de outros dispositivos, inclusive móveis. A função Remote Desktop permite que você acesse a sua máquina remotamente pelo endereço IP ou até mesmo transforme o seu smartphone ou tablet em uma segunda tela. A função não exige configurações complicadas: basta instalar o software no computador e baixar o aplicativo móvel para Android ou iOS.

    Outra função oferecida pelo Wi-Fi GO! é o DLNA Media Hub. Através desse recurso, é possível transformar o computador em uma central de entretenimento que transmite música, vídeo e imagens para qualquer dispositivo compatível com o DLNA encontrado na mesma rede.

    A ferramenta File Transfer facilita a troca de arquivos entre os dispositivos móveis e o seu computador. Basta acessar o aplicativo da ASUS no smartphone ou tablet e escolher quais arquivos deseja transferir. Tudo de forma simples e descomplicada.

    (Fonte da imagem: Divulgação/ASUS)

    Também é possível controlar a câmera do smartphone através do aplicativo da ASUS, assim como utilizar o gadget como um substituto para o teclado e o mouse. Você pode utilizar a tela do dispositivo como se fosse um trackpad, por exemplo.

    Para dar a força de conexão que essas ferramentas precisam, a ASUS incluiu na Maximus VI Formula uma pequena placa de conexão mPCIe Combo II, compatível com Wi-Fi dual-band 2.4GHz/5GHz (802.11ac) e Bluetooth 4.0.

    A placa mini PCI Express 2.0 também conta com um soquete M.2, compatível com SSDs de alta velocidade.

    SupremeFX Formula e um excelente sistema de som

    A Maximus VI Formula traz um sistema de som composto inteiramente por componentes de alta fidelidade. A arquitetura SupremeFX Formula traz o recurso SupremeFX Shielding, que isola os componentes na PCB através de aterramento de separação e cobertura de blindagem EMI.

    Os capacitores de áudio ELNA e WIMA ajudam a entregar um sistema de som de primeiríssima qualidade. O circuito de áudio foi desenhado para evitar a perda sonora: ele trabalha com amplificador operacional Cirrus Logic CS4398, que pode fornecer uma excelente conversão de sinal digital para analógico. Para completar, o chip amplificador de headphone Texas Instruments TPA6120A2 garante a ótima qualidade do som, principalmente com fones de ouvido.

    (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

    A blindagem é extremamente importante para garantir um bom desempenho do som. Mesmo que todos os componentes do conjunto sejam de alta qualidade, pode haver interferência devido ao grande número de peças funcionando em conjunto em uma placa-mãe.

    Para prevenir isso, a região em que ficam os componentes do conjunto de som é separada dos demais itens da placa-mãe, como se fosse uma PCB independente. Para completar, o processador de som fica embaixo de um escudo metálico, o que o isola dos demais periféricos.

    (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

    Essa placa-mãe também possui um sistema de som com cancelamento de ruído desenvolvido para melhorar a qualidade de sistemas VoIP. O sistema consiste em um mecanismo de processamento de áudio que isola o ruído entre as pausas e alguns momentos específicos da conversa em aplicativos como o Skype, por exemplo.

    Dual Intelligent Processors 4 e AI Suite 3

    O ASUS AI Suite 3 está bem mais completo. A interface oferece ferramentas avançadas de controle de praticamente todas as funções do computador. A parte mais interessante do aplicativo é que a interface é bastante amigável, com ilustrações de muito bom gosto que facilitam a alteração dos itens.

    Aqui, a ASUS também tratou de aplicar o tema ROG nas configurações, que são organizadas de modo a favorecer o desempenho da máquina nos jogos.

    (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

    São cinco opções principais:

    4-Way Optimization

    O que esse recurso faz é permitir um ajuste automático das configurações da máquina. Ao selecionar essa opção, a máquina faz uma verificação do sistema e configura tudo automaticamente.

    Durante o processo, a máquina é reiniciada diversas vezes. Isso é preciso para que tudo possa ser testado com eficiência. Quem não possui muita experiência com overclocks vai se beneficiar especialmente desta opção, que é um conjunto das próximas alternativas.

    TPU

    TPU vem de “Turbo Processing Unit” e é aqui que você poderá espremer o máximo de desempenho do seu processador. A ferramenta possui opções avançadas e completas, permitindo ajustes de voltagem, multiplicador e clock da CPU. Um detalhe interessante do sistema é que você pode modificar todos os núcleos do processador em conjunto ou pode criar perfis diferenciados para cada um deles.

    Dentro da opção TPU você ainda encontra algumas abas, cada uma delas permitindo ajustes independentes na máquina, incluindo CPU e GPU.

    (Fonte da imagem: Divulgação/ASUS)

    EPU

    A sigla EPU significa “Energy Processing Unit”, ou seja, ela é responsável por gerenciar a energia fornecida aos componentes, principalmente ao processador. Através da EPU o sistema pode se autorregular, definindo perfis de consumo para momentos específicos de uso da máquina. Com isso, ganha-se mais eficiência com um menor consumo. Essa opção pode ser configurada automaticamente ou não.

    DIGI+ Power Control

    Para que seja possível executar overclocks com estabilidade, a ASUS incluiu o controlador DIGI+ na Maximus VI Formula. Esse dispositivo é capaz de controlar com eficiência toda a eletricidade fornecida para o processador, garantindo precisão e evitando oscilações, o que, consequentemente, garante mais estabilidade.

    Fan Xpert 2

    A função do Fan Xpert 2 é detectar automaticamente o estilo de trabalho dos coolers instalados em sua máquina e regula a velocidade e a potência dos componentes: tudo para encontrar o perfeito equilíbrio entre consumo de energia, barulho e eficiência energética.

    (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

    Overclock

    Nós realizamos alguns testes com a placa, inclusive a função 4-Way Optimization, que realiza overclock automaticamente, e obtivemos bons resultados. Veja como foi:

    O processador que utilizamos nos testes foi um Intel Core i7 4770K de 3,5 GHz. Utilizando o Auto Tuning, foi possível elevar a frequência da CPU para 4,3 GHz (um aumento de 16%) sem muita dificuldade. O sistema apresentou um pouco de instabilidade e a máquina reiniciou sozinha, alterando a frequência para 4,1 GHz.

    (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

    Depois disso, conseguimos utilizar a máquina sem problemas e com certa estabilidade, mesmo constatando que o cooler “stock” da Intel não é o mais adequado para overclocks, já que a temperatura se estabilizou na casa dos 95 graus, algo que não é muito recomendável.

    Resolvido o problema do aquecimento, podemos ter a certeza de que a Maximus VI Formula é extremamente eficiente para a realização de overclocks.

    ROG RAMDisk

    O ROG RAMDisk permite que você utilize parte da memória RAM como uma unidade de armazenamento. Através desse recurso, é possível ter muito mais desempenho e velocidade nos aplicativos. De acordo com a ASUS, o RAMDisk pode ser até 20 vezes mais rápido que uma unidade SSD.

    Mas, já que a memória RAM é volátil, isso significa que os dados serão perdidos assim que o computador for desligado? Na verdade, não. A ASUS encontrou uma forma inteligente de restaurar o RAMDisk. Quando você desliga o computador, os arquivos são passados para o HD ou SSD. É como se fosse um backup, que é restaurado quando você liga a máquina.

    Veja a comparação de velocidade entre um HD tradicional e o ROG RAMDisk, no programa CrystalDiskMark:

    Comparação de velocidade entre um HD normal e o ROG RAMDisk, respectivamente. (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

    Isso pode fazer com que a máquina demore mais tempo para iniciar; em contrapartida, você pode utilizar muito melhor os gigabytes extras de RAM que você tem instalados.

    GameFirst II e Intel® I217 Gb LAN

    Jogos online precisam de dois requisitos mínimos para garantir a diversão: um hardware potente e ping baixo. E é justamente a questão da latência entre as transmissões que o GameFirst II propõe-se a eliminar. A ferramenta faz uma análise dos pacotes transmitidos pela rede com o objetivo de cortar o ping pela metade, proporcionando um desempenho melhor nos games online.

    O software é pareado com o chip de rede Intel® I217 Gb LAN, capaz de gerenciar com eficiência a sua conexão de rede.

    Sonic Radar

    O Sonic Radar é uma ferramenta incrivelmente útil para melhorar suas habilidades em jogos de tiro em primeira pessoa. O que o aplicativo faz é mostrar um radar que detecta a presença de outros jogadores em relação ao seu personagem dentro do jogo.

    Isso acontece porque o Sonic Radar pode ser programado para se concentrar no som de tiros, passos e outros ruídos produzidos pelos demais jogadores. O aplicativo reúne essas informações e organiza tudo em forma de um mapa que mostra a origem e distância de cada um deles. Desse modo, você pode se posicionar de forma mais eficiente no mapa e antecipar a movimentação dos inimigos.

    (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

    Esse recurso pode ser utilizado em par com o recurso “Remote Desktop” oferecido pelo Wi-Fi Go!. Através dele, você pode transformar a tela do seu smartphone ou tablet em um radar para detectar os inimigos.

    Testes de desempenho

    Para testar o desempenho da placa-mãe, nós executamos alguns aplicativos de benchmark e comparamos os seus resultados com aqueles obtidos em outra placa, testada sob as mesmas condições e com o mesmo conjunto de hardware, que consiste em:

    • CPU: Intel Core i7-4770K - 3,5 GHz;
    • RAM: 8 GB DDR3 1.333 MHz;
    • SO: Windows 8 Pro.

    3DMark

    O 3D Mark é, talvez, o mais conhecido software de benchmark do mercado. No mundo todo, pessoas utilizam esse programa para medir o desempenho de suas máquinas em aplicações 3D em várias plataformas diferentes. A versão que nós testamos está disponível no Steam.

    Cinebench

    O Cinebench é um teste de desempenho que analisa o desempenho da máquina utilizando os mesmos processos gráficos avançados utilizados no cinema. O aplicativo utiliza uma série de algoritmos avançados para espremer toda a potência disponível no computador.

    Vale a pena?

    Antes de escolher um modelo de placa-mãe é preciso ter em mente qual a finalidade da máquina que você está montando. Se essa máquina está sendo desenvolvida especialmente para jogos, não há dúvidas de que a Maximus VI Formula é um modelo mais que recomendado.

    A série ROG já demonstrou a sua eficiência e qualidade dos produtos. Um exemplo disso é a placa de vídeo ASUS Ares II, que analisamos recentemente aqui no Tecmundo, que apresenta ótimos recursos e um desempenho incomparável.

    O selo ROG também não foi colocado à toa na Maximus VI Formula: a placa realmente pode oferecer diferenciais importantes nos jogos. Além de muito desempenho e estabilidade, ferramentas como o Sonic Radar, Games First e ROG Ramdisk trazem um excelente desempenho para os jogadores.

    (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

    A UEFI Bios não é exatamente uma novidade nas placas da ASUS, mas deve ser considerada na hora da escolha. O grande número de funções que ela oferece proporciona um controle maior na hora de gerenciar os recursos da placa. As funções extras, como o acesso remoto e o DLNA trazidos pelo Wi-Fi GO!, também são excelentes diferenciais.

    Se você procura um modelo durável, os componentes de qualidade utilizados na construção da placa justificam o investimento, pois certamente farão a placa-mãe durar muito tempo antes de apresentar algum problema. A maioria foi desenvolvida para suportar altas temperaturas e trabalhar normalmente em condições extremas.

    E condições extremas têm tudo a ver com overclocks: outro ponto forte do modelo. Até mesmo que nunca se aventurou por esse mundo vai se sentir à vontade com essa placa-mãe, já que ela oferece ferramentas muito eficientes para esse propósito.

    (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

    O modelo não é dos mais baratos: a Maximus VI Formula pode ser encontrada por aproximadamente R$ 1.300 no mercado brasileiro. Um investimento alto, mas que sem sombra de dúvidas se justifica pela qualidade do equipamento. Se você está montando uma máquina para jogos, certamente deve considerar essa placa-mãe na hora de escolher os componentes, principalmente porque ela é a base de todo o sistema.

    Este produto foi cedido para análise pela ASUS.

    Cupons de desconto TecMundo: