Algum tempo atrás, nós fizemos um vídeo mostrando alguns truques bacanas para você aproveitar melhor a sua câmera digital. Utilizando materiais simples e de fácil acesso, você pode personalizar o seu equipamento para conseguir fotos mais complexas e com maior qualidade.

Nesta semana, nós vamos continuar a brincadeira. Desta vez, vamos aprender duas maneiras fáceis e interessantes de bater fotos macro (de muito perto) e também vamos aprender a construir um para-sol.

Material necessário

  • Ferramentas diversas;
  • Um rolo de papel toalha;
  • Um chapéu de festa infantil;
  • Uma lupa de bolso;
  • Um binóculo — que possa ser desmontado;
  • Tesoura;
  • Fita crepe.

Além, é claro, de uma câmera digital comum.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Montando uma lente macro com uma lupa de bolso

Vamos iniciar a construção desmontando a lupa de bolso. Ela tem essa proteção metálica em volta dela com dois parafusos, um de cada lado: basta removê-los e pronto; a lupa está preparada para ser acoplada à lente da câmera.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Agora, vamos posicionar o rolo de papel sobre a lente. Percebam que ele é um pouco folgado, portanto, precisamos fazer um corte no meio e ajustar a largura para que ele fique justo. Depois, com um lápis, marcamos a altura da base até o topo da lente — já com a lupa acoplada.

Prendemos o rolo de papel com uma fita e medimos a posição da lupa até a lente da câmera. É preciso que as duas fiquem completamente alinhadas. Como nossa lupa possui uma espécie de ponta, por onde a proteção metálica ficava presa, vamos abrir um buraco na lateral do rolo de papel para que o conjunto possa ser alinhado corretamente.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Como a lupa é maior que a lente da câmera, o centro delas deve estar em perfeito alinhamento, caso contrário, as imagens podem ficar desfocadas.

Agora, nós precisamos encontrar um jeito de prendê-la no interior do tubo de papel. Não podemos utilizar cola, pois destruiríamos a câmera fotográfica. Portanto, para fixar o conjunto, vamos colocar alguns pedaços de papel no interior do tubo. Isso vai garantir que a lupa fique no lugar.

Para finalizar, colocaremos algumas tiras de fita crepe pelo lado de fora para garantir que o conjunto fique firme. Nossa primeira modificação está pronta!

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Construindo uma lente macro com um binóculo

O binóculo precisa ser desmontado para que sua lente superior seja removida. Portanto, procure utilizar um equipamento já danificado ou registre muito bem o processo de desmontagem para recolocar as peças no lugar depois. Nesse momento, você pode fotografar todas as etapas do procedimento. Dessa maneira, você saberá como reverter o processo mais tarde.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Vamos começar removendo a cobertura da lente. Para continuar, soltamos a parte de borracha que protege o parafuso de cima. Depois de remover o parafuso, as partes superiores devem se soltar com facilidade.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Utilize um pano macio ou algumas folhas de papel toalha para remover o excesso de graxa da parte inferior do suporte das lentes. Lembre-se de lubrificar novamente essas partes na hora da remontagem do acessório.

Após ter a lente removida, o procedimento é semelhante ao anterior: posicionamos o objeto sobre a câmera e, em volta dela, enrolamos o restante do rolo de papel que sobrou da modificação anterior.

 (Fonte da imagem: Tecmundo)

Medimos a altura e cortamos o excesso. Como essa lente possui o corpo maior que a lupa de bolso, sua acoplagem é mais fácil. Como na montagem anterior, preste atenção no posicionamento das lentes para evitar problemas de foco na hora de bater as fotos. Ambas precisam estar perfeitamente alinhadas.

Enrolamos o papel, prendemos bem com fita e pronto. A segunda modificação já está pronta.

Construindo um para-sol

O para-sol é utilizado pelos fotógrafos profissionais para eliminar o excesso de luminosidade sobre a lente da câmera. O efeito, que é conhecido como glare, pode transformar as imagens em cenas feias e de pouco contraste, principalmente nas bordas das fotos, onde a incidência de luminosidade muda a tonalidade das cores, deixando-as mais claras do que no centro da imagem.

Já o flare é o responsável por efeitos indesejados de reflexo dentro da lente: é como se pequenos pontos de luz tivessem sido fotografados. O objetivo do para-sol é justamente eliminar esses problemas e manter as imagens com as cores mais vivas e nítidas.

Efeitos glare e flare, respectivamente. (Fonte da imagem: Reprodução/Wikimedia)

Um efeito secundário — e bem-vindo — do acessório é o de proteção. Ele protege a câmera de batidas e também de respingos d´água, caso esteja chovendo no momento das fotos.

Veja como é um para-sol de verdade.

(Fonte da imagem: Reprodução/Wikimedia)

Vamos começar pegando o chapéu de festa e soltando a trava interna que mantém o objeto unido. Agora, vamos fazer um corte com a tesoura na base do cone para que o acessório caiba na lente da câmera. Para facilitar a operação, faça o corte da base inferior seguindo a mesma linha da base superior.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Aos poucos, vamos cortando, medindo e adaptando, até que o formato fique adequado para o nosso propósito. Depois que o tamanho estiver de acordo, prendemos a lateral com um pedaço de fita crepe.

 

Uma dica importante: dependendo da abertura da câmera, pode ser necessário diminuir o comprimento do para-sol. Para fazer isso, tente tirar uma foto e veja se as bordas dele aparecem na imagem. Se isso acontecer, basta cortar um pedaço na base do acessório até que ele não apareça mais no enquadramento da fotografia.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Pronto!

Agora você já pode tirar fotos de maior qualidade.

Cupons de desconto TecMundo: