No Tecmundo, além de mostrar as últimas novidades que acontecem no mundo da tecnologia, pensamos em todos os aspectos ligados a ela. É por isso que neste Área 42 nós vamos aprender a construir um bracelete-pendrive.

Mas para que isso serviria, afinal de contas? Imagine que você precise carregar arquivos importantes por aí, principalmente em tempos de escola, universidade e o tão temido TCC. Nem tudo pode ser arquivado em sites de armazenamento na nuvem devido ao risco da segurança ou até mesmo à falta de acesso à internet de alguns locais.

Um pendrive comum pode ser esquecido facilmente em qualquer lugar. Mas, com ele preso no braço, como uma pulseira, dificilmente você iria perdê-lo, não é mesmo?

Esse bracelete também pode ser feito para presentear alguém. Como o custo e a dificuldade para a sua construção são baixos, basta um pouco de criatividade para criar um acessório bonito e prático.

Material necessário

    • Um micropendrive;
    • Um cabo extensor USB;
    • Um cinto de couro;
    • Agulha e linha;
    • Cola;
    • Acessórios para enfeitar;
    • Ferramentas diversas.

      Nós temos também uma série de acessórios para os acabamentos e a construção do bracelete. Não vamos utilizar todos, mas você pode fazer como desejar, basta apenas respeitar algumas regras no momento da construção.

      (Fonte da imagem: Tecmundo)

      Como montar o seu acessório

      Os passos são simples. Tudo o que é preciso para executar um bom trabalho é a criatividade. Vamos começar medindo o cinto; precisamos cortar na medida certa para não ficar muito grande e nem muito apertado. Você pode utilizar o próprio braço, caso o bracelete seja para você, ou também pode utilizar outro acessório, já pronto, como modelo.

      Lembre-se de cortar de um tamanho um pouco maior que o produto final, pois você vai modificar as pontas para fazer o acabamento, além do espaço que o pendrive vai ocupar quando estiver preso à pulseira.

      Depois de tudo medido e cortado, vamos fazer uma abertura no meio do cinto, dividindo-o no meio. A maioria deles possui duas tiras de couro costuradas uma na outra. O objetivo é fazer com que o pendrive fique preso entre essas camadas.

      (Fonte da imagem: Tecmundo)

      Se o cinto que você estiver utilizando para o trabalho for semelhante ao nosso, você poderá soltar os pontos da costura com cuidado para não desfiar mais do que o necessário. Vamos cortar nas duas pontas com o estilete e abrir apenas o suficiente para acomodar as peças.

      Para fechar o acessório, precisamos de um encaixe. Como o pendrive é USB, nada melhor que aproveitar um conector USB fêmea para esse propósito. No nosso caso, utilizamos um cabo extensor USB, que você pode encontrar facilmente em qualquer loja de informática ou similares. Para esse propósito, você também pode utilizar os conectores presentes em placas-mãe antigas ou outros cabos que possuam esse item.

       (Fonte da imagem: Tecmundo)

      Como o plástico que cobre o conector é uma peça só, é um pouco difícil cortá-lo para remover o componente. Com muito cuidado, abrimos a lateral com um estilete até liberar a peça. Depois disso, algumas tiras de fita adesiva servirão para deixar o item mais firme na hora de prender na ponta do bracelete.

      Prendendo o pendrive

      Agora vem uma parte delicada: vamos colar o pendrive de modo que somente a abertura para o conector USB fique visível. Vamos colar bem apertado para manter a peça bem firme: para fixar bem, é possível utilizar uma presilha plástica, mas isso é opcional.

      (Fonte da imagem: Tecmundo)

      O conector USB fêmea deverá ficar do outro lado, seguindo o mesmo padrão. Lembre-se de medir a posição das peças para não prender os itens de lados invertidos, pois se isso acontecer, os lados da pulseira não vão se encaixar corretamente.

      Depois de colar o pendrive em uma extremidade e o conector USB fêmea na outra, vamos costurar as laterais para ter a certeza de que tudo se manterá no lugar. Como a costura original foi removida, a nova poderá aproveitar o mesmo local.

      (Fonte da imagem: Tecmundo)

      Para finalizar, vamos enrolar um fio de couro nas pontas para deixar o acessório com um aspecto mais agradável e também proteger melhor os componentes. Como o conector USB fêmea é um pouco mais espesso que o micropendrive, nós vamos enrolar mais fio por cima do primeiro. Isso deverá garantir que as duas pontas fiquem com a mesma espessura.

      O nosso bracelete-pendrive está pronto. O custo final dele ficou na casa dos R$ 20 e, já que a maioria dos componentes utilizados na sua construção foi reaproveitada de outros projetos, o único item adquirido foi o micropendrive.

      Mas lembre-se: a criatividade impera nesse momento. Nada impede que você utilize outros acessórios para enfeitar a sua pulseira ou até mesmo construa uma completamente diferente da nossa. A disponibilidade de acessórios que pode ser construída ou adaptada é grande.

      (Fonte da imagem: Tecmundo)

      Você só precisa se lembrar de alguns passos importantes: manter tudo bem firme e protegido para que o pendrive não seja danificado e você não perca os seus dados, afinal de contas, eles são o mais importante.

      Cupons de desconto TecMundo: