O CEO da Apple, Tim Cook, recentemente fez uma aparição no talk show The Late Show e conversou com o apresentador Stephen Colbert a respeito de temas extremamente variados, tanto pessoais quanto profissionais. O que começou como uma simples entrevista sobre as novidades do iPhone 6s e planos da Maçã eventualmente acabou chegando a assuntos como os sentimentos do executivo com relação aos filmes sobre Steve Jobs, entre outras coisas.

Depois de ressaltar novidades do smartphone, como o 3D Touch e o Live Photos, e de sair pela tangente ao ser questionado sobre o que a Apple planeja para os carros do futuro, Colbert perguntou o que Cook acha das produções cinematográficas sobre Jobs. “Eu não as assisti, mas o Steve que eu conheci era um ser humano incrível. [...] Ele tinha uma habilidade incrível para enxergar ‘além da curva’”, elogiou.

No entanto, o atual CEO da Maçã demonstrou insatisfação com a moda de usar a imagem de pessoas famosas falecidas para fazer sucesso. “Eu acho que muitas pessoas estão tentando ser oportunistas, e odeio isso. Essa não é uma parte ótima do nosso mundo”, ressaltou.

Servindo de exemplo

Falando do famoso editorial que escreveu para a Bloomberg Businessweek em 2014, texto no qual revelou sua orientação sexual para demonstrar apoio àqueles que sofrem discriminação, Cook demonstrou sentir que era sua responsabilidade dar um exemplo. “Embora eu estime minha privacidade significativamente, percebi que estava valorizando isso muito mais do que aquilo que eu poderia fazer por outras pessoas”, afirmou.

Segundo o executivo, a divulgação do fato de ser gay provavelmente não se tratou de uma revelação para aqueles com quem ele trabalha diretamente, mas pode ter significado algo mais para o resto do mundo. “Eu senti que era uma enorme responsabilidade fazer o que fiz”, concluiu. Confira a entrevista completa no vídeo no início deste texto.

O que você achou das afirmações de Tim Cook no The Late Show? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: